Palmeiras marca treino para campo de rival do Godoy Cruz

O Palmeiras marcou para a tarde desta segunda-feira o seu único treino antes do jogo de ida das oitavas de final da Copa Libertadores. A atividade, que terá apenas o aquecimento aberto à imprensa, começará às 16 horas (de Brasília) e será realizada no campo do Independiente Rivadavia, em Mendoza. O clube é rival histórico do adversário do Verdão no mata-mata do torneio continental.

Na madrugada deste domingo, o avião que levava a delegação do Verdão foi obrigado a arremeter duas vezes por conta dos fortes ventos na região, que impossibilitaram o pouso em Mendoza. A alternativa foi desembarcar em Rosário e partir para Buenos Aires, onde todos estão hospedados.

De acordo com relatos, membros da delegação acabaram passando mal em decorrência dos momentos de tensão e chegaram a vomitar na aeronave. A arremetida consiste na interrupção do pouso por falta de condições de concretizá-lo e a consequente subida de forma brusca para voltar a ganhar altura e potência a fim de continuar com o voo.

Depois de ser derrotado pelo Ceará por 2 a 0 e ver o fim de sua sequência invicta de 33 jogos no Campeonato Brasileiro, o Palmeiras partiu direto da Arena Castelão para o aeroporto, de onde pegou um voo fretado da empresa GOL para Mendoza.

Em entrevista coletiva, o técnico Luiz Felipe Scolari mostrou preocupação com o “aspecto psicológico” da equipe e falou em fazer mudanças para o duelo com o Godoy Cruz. Dono da melhor campanha na fase de grupos da Libertadores, o Palmeiras decide a vaga nas quartas de final no dia 30, no Allianz Parque.

O post Palmeiras marca treino para campo de rival do Godoy Cruz apareceu primeiro em Gazeta Esportiva.

Ler artigo completo
Fonte: Gazeta Esportiva

Corinthians inscreve Gil e Janderson para as oitavas de final da Sul-Americana

O Corinthians vai inscrever o zagueiro Gil e o atacante Janderson para as oitavas de final da Copa Sul-Americana, usando as duas substituições permitidas pelo regulamento da Conmebol. As modificações foram enviadas para a entidade há duas semanas, mas só serão homologadas no site oficial nesta semana, quando começa a disputa do único mata-mata do Alvinegro neste segundo semestre.

Não faltaram opções para a entrada dos atletas. Saíram da última lista os zagueiros Marllon, Pedro Henrique e Léo Santos, o volante Richard e o atacante Sérgio Diaz, todos negociados durante a parada para a Copa América. Já haviam deixado a lista inicial o volante Thiaguinho e os atacantes Romero e Gustavo Mosquito.

Fora da lista também está o uruguaio Bruno Méndez, que disputa o Pan-Americano com o Uruguai nas próximas semanas. Ainda que esteja à disposição do treinador para jogar qualquer outro torneio assim que acabar o Sul-Americano sub-20, Méndez já foi inscrito pelo Montevideo Wanderers no torneio.

Ainda não há confirmação dos números que Gil e Janderson vão herdar. O zagueiro usa a 26 no Brasileiro, que ficará disponível com a saída de Richard, mas pode escolher os números de Marllon (13), Léo Santos (14) e Pedro Henrique (30). O atacante usa a 31 nas outras competições e terá que escolher entre os números dos defensores e a 21 de Sergio Díaz.

Confira a lista corintiana com a numeração oficial disponível:

1 – Caique
2 – Michel
3 – Henrique
4 – Manoel
5 – Gabriel
6 – Carlos Augusto
7 – Sornoza
9 – Vagner Love
10 – Jadson
11 – Júnior Urso
12 – Cássio
15 – Ralf
16 – Araos
17 – Boselli
18 – Pedrinho
19 – Gustavo
20 – Régis
22 – Mateus Vital
23 – Fagner
24 – Matheus Jesus
25 – Clayson
26 – Gil
27 – Walter
28 – Ramiro
29 – Danilo Avelar
S/N – Janderson

O post Corinthians inscreve Gil e Janderson para as oitavas de final da Sul-Americana apareceu primeiro em Gazeta Esportiva.

Ler artigo completo
Fonte: Gazeta Esportiva

São Paulo recebe a Chapecoense para voltar a vencer no Brasileirão

Em mais uma tentativa de voltar a vencer no Campeonato Brasileiro, o São Paulo enfrenta a Chapecoense na noite desta segunda-feira, às 20 horas (de Brasília), no Morumbi, em duelo válido pela 11ª rodada da competição nacional.

Vindo de um empate por 1 a 1 com o Palmeiras, o time tricolor tenta acabar com um jejum de oito jogos sem vitórias, sendo seis pelo Brasileirão. O último triunfo foi o 1 a 0 sobre o Fortaleza, no dia 12 de maio, pela quarta rodada. Desde então, a equipe obteve uma derrota e cinco empates pelo torneio de pontos corridos.

Raniel é o favorito a herdar a vaga de Pablo no ataque tricolor (Foto: Djalma Vassão/Gazeta Press)

A série negativa fez o São Paulo cair do terceiro para o 12º lugar na tabela de classificação, com 15 pontos, 11 a menos que os líderes Palmeiras e Santos. Uma vitória sobre a Chapecoense, porém, leva o time de Cuca para a quinta posição ao final da rodada.

“Queremos brigar pela parte de cima da tabela, e acredito que o clássico nos mostrou que isso é possível. O time foi dedicado, teve uma boa postura e não quer ficar só no discurso: nosso objetivo é vencer, e buscaremos isso contra a Chapecoense”, disse o zagueiro Bruno Alves.

Cuca deve promover apenas uma mudança em relação à equipe que empatou por 1 a 1 com o Palmeiras, pela rodada anterior. O atacante Pablo, em recuperação de uma lesão ligamentar no tornozelo direito, não enfrentará a Chape e será substituído por Raniel, que fará sua estreia como titular.

Em compensação, Everton reforçará o grupo de relacionados para o confronto desta segunda-feira. O atacante, recuperado de uma lesão no músculo adutor da coxa direita, participou de treinos com o grupo na semana passada e pode ser opção durante a partida.

Com time na zona da degola, Ney Franco está sob pressão na Chape (Foto: ACF/Divulgação)

Do outro lado, a Chapecoense tentará surpreender o time da casa para deixar a zona de rebaixamento. O Verdão do Oeste, 18º colocado com oito pontos, não vence há quatro rodadas na competição, vindo de um empate e três derrotas, sendo a última delas para o Atlético-MG, em casa.

A partida marcará mais um reencontro entre Ney Franco e o São Paulo. Ele, aliás, é o último técnico a ser campeão pelo clube do Morumbi, que tem a Copa Sul-Americana de 2012 como sua conquista mais recente.

FICHA TÉCNICA
SÃO PAULO X CHAPECOENSE

Local: Estádio do Morumbi, em São Paulo (SP)
Data: 22 de julho de 2019, segunda-feira
Horário: 20 horas (de Brasília)
Árbitro: Savio Pereira Sampaio (DF)
Assistentes: Daniel Henrique Andrade (DF) e José Reinaldo Nascimento Júnior (DF)
VAR: Grazianni Maciel Rocha

SÃO PAULO: Tiago Volpi; Hudson, Bruno Alves, Arboleda e Reinaldo; Luan, Tchê Tchê e Hernanes; Antony, Raniel e Alexandre Pato
Técnico: Cuca

CHAPECOENSE: Tiepo; Eduardo, Gum, Douglas e Bruno Pacheco; Márcio Araújo, Gustavo Campanharo e Camilo; Alan Ruschel, Everaldo e Arthur Gomes
Técnico:
Ney Franco

O post São Paulo recebe a Chapecoense para voltar a vencer no Brasileirão apareceu primeiro em Gazeta Esportiva.

Ler artigo completo
Fonte: Gazeta Esportiva

Confiança vence Imperatriz e assume liderança do Grupo A da Série C

Confiança venceu o Imperatriz no Batistão lotado (Foto: Reprodução/Twitter)

Na tarde deste domingo, Confiança e Imperatriz se enfrentaram no Batistão, em partida válida pela 13ª rodada da Série C do Campeonato Brasileiro. Com vitória pelo placar de 3 a 1, o Dragão levou a melhor sobre o Cavalo de Aço, assumiu a liderança do Grupo A e passou a ter a melhor campanha da competição. Marcelinho, Renan Gorne e Ítalo marcaram para os donos da casa, enquanto Manoel descontou para os visitantes.

Com o resultado, os sergipanos terminam a rodada na primeira colocação da chave, com 24 pontos conquistados. O Sampaio Corrêa, que tem a mesma pontuação, fica atrás por conta do saldo de gols inferior (5 a 2). Os maranhenses, por sua vez, ocupam a quinta posição, com 18 pontos.

O Confiança abriu o placar logo aos 12 minutos de jogo. Após triangulação no ataque, Marcelinho recebeu o cruzamento dentro da área e cabeceou para o fundo das redes. O Dragão seguiu pressionando em busca do segundo gol, enquanto os adversários tentavam jogar no contra-ataque, mas sem levar perigo à meta de Genivaldo. No entanto, o 1 a 0 permaneceu no placar ao final do primeiros 45 minutos.

Na volta do intervalo, o Gigante Operário abriu 3 a 0 com menos de cinco minutos. Com apenas alguns segundos, Thiago Ennes finalizou, a bola sobrou para Renan Gorne e ele tirou do goleiro antes de empurrar para o gol. Aos quatro, Ítalo fez a tabela com Everton e bateu cruzado, ampliando o marcador. Aos 35 minutos, Manoel converteu pênalti e descontou para o Imperatriz.

Pela próxima rodada, o Cavalo de Aço recebe o Botafogo-PB no Estádio Frei Epifânio D’Abadia, na quinta-feira (25), às 20h (de Brasília). Já o Dragão visita o Náutico na sexta-feira (26), às 20h, no Estádio dos Aflitos.

Náutico bate Treze e segue no G4 do grupo

Rafael Oliveira garantiu a vitória do Náutico nos Aflitos (Foto: Reprodução/TV)

Ainda pelo Grupo A, o Náutico venceu o Treze por 1 a 0, no Estádio dos Aflitos, com gol marcado por Rafael Oliveira. O resultado deixa o Timbu na quarta colocação, com 21 pontos, enquanto o Galo segue na lanterna, com nove pontos.

O próximo compromisso do Treze é no domingo (28), às 16h (de Brasília), contra o Globo, no Amigão. O Náutico joga contra o Confiança.

Por fim, pelo Grupo B, Luverdense e Tombense não saíram do zero no Passo das Emas. Com isso, o Gavião-Carcará ocupa a oitava colocação, somando 13 pontos. Logo atrás, aparece o Verdão, na nona posição, com um ponto a menos.

Agora, o Tombense enfrenta o Ypiranga-RS no sábado (27), às 16h (de Brasília), no Estádio dos Tombos. Já o Luverdense visita o Volta Redonda, no Raulino de Oliveira, no domingo (28), também às 16h.

O post Confiança vence Imperatriz e assume liderança do Grupo A da Série C apareceu primeiro em Gazeta Esportiva.

Ler artigo completo
Fonte: Gazeta Esportiva

Clayson revela papo com Diego Alves e exalta goleiros do Corinthians: “Os melhores”

O atacante Clayson foi o autor do único gol do Corinthians na tarde deste domingo, contra o Flamengo, na Arena, e comentou os momentos que antecederam a batida de pênalti. Diante de Diego Alves, goleiro que tem fama de bom pegador de penalidades máximas, o corintiano conseguiu deslocar o adversário para abrir o placar. Não sem antes ouvir algumas provocações do adversário.

“Ele veio me falar que ia esperar, ia ficar parado, que eu ia ter que escolher. Mas uma conversa tranquila, numa boa. Falei para ele que podia esperar o quanto fosse”, disse o atacante, em tom bem-humorado. Para ele, o dia a dia com Cássio, Walter e Caíque França o deixa preparado para essas situações.

“Sim, ele é um grande goleiro, mas eu treino com os melhores goleiros no dia a dia, Cássio, Walter e Caíque. Os melhores do Brasil”, continuou o atacante, que não bateu cruzado, no canto esquerdo, sua escolha mais comum. Ele admitiu ter mudado justamente pelas análises de desempenho.

“Na verdade, todo mundo sabe, a gente tem o Cifut aqui, eles têm os analistas deles lá. Então é muita informação, eu fui para a batida já sabendo que eu tinha que mudar. Mas o importante é que eu mantive a calma e consegui fazer o gol”, concluiu o corintiano, que fez seu segundo tento na competição.

Na próxima rodada, os comandados de Fábio Carille terão pela frente o Fortaleza, no domingo, dia 28, às 19h (de Brasília), no Castelão. Antes, porém, fazem o primeiro jogo das oitavas de final da Copa Sul-Americana, contra o Montevideo Wanderers, quinta-feira, na Arena.

O post Clayson revela papo com Diego Alves e exalta goleiros do Corinthians: “Os melhores” apareceu primeiro em Gazeta Esportiva.

Ler artigo completo
Fonte: Gazeta Esportiva

Jesus critica comportamento agressivo da torcida

O técnico Jorge Jesus aproveitou a entrevista coletiva após o empate diante do Corinthians, neste domingo, na Arena Itaquera, para condenar o comportamento dos torcedores rubro-negros que foram ao aeroporto Santos Dumont para hostilizar e tentar agredir alguns jogadores durante o embarque para São Paulo.

“Não havia justificativa para a violência. Nós fomos eliminados nos pênaltis”, afirmou.

O treinador rubro-negro considerou muito estranha a reação dos torcedores.Jesus disse que para se gostar de um clube tem que se gostar dos jogadores. E defendeu o meia Diego, alvo principal dos protestos.

“O Diego demonstrou o quanto é bom jogador, o grande capitão que é no jogo de hoje. Contra o Ahtletico, ele já, tinha sido o melhor jogador”, disse o treinador.

Jorge Jesus fez questão de esclarecer que não tinha dado qualquer satisfação aos torcedores. Ele disse que só pediu respeito. E mandou seu recado para a torcida do Flamengo:

“No campo, podem xingar, mas fora do palco, tudo acabou”, finalizou

Sobre o empate deste domingo na Arena Corinthians, o treinador considerou que o resultado foi justo porque os dois times travaram um duelo equilibrado.

O post Jesus critica comportamento agressivo da torcida apareceu primeiro em Gazeta Esportiva.

Ler artigo completo
Fonte: Gazeta Esportiva