Gustavo Bueno admite assédio aos destaques Ivan e Abner

Goleiro Ivan foi destaque no Torneio de Toulon (Foto: PontePress)

Dentro do processo de reformulação no elenco da Ponte Preta, dois atletas formados na base do clube têm se destacado e, consequentemente, atraído a atenção de outras equipes. O goleiro Ivan, de 22 anos, e o lateral-esquerdo Abner, de 20, vêm sendo especulados em clubes tanto de dentro, quanto de fora do Brasil. 

Sobre o assédio aos jovens jogadores da Macaca, o executivo de futebol Gustavo Bueno comentou: São dois jogadores importantes, em que existem sim sondagens e preferimos tratar esses assuntos de maneia interna, até para não prejudicar outras situações que venham aparecer”

 

Analisando os atletas individualmente, o dirigente destacou os números de Abner e o desempenho de Ivan na seleção pré-olímpica: “O Abner, se pegarmos os números, é o atleta com maior número de assistências na equipe, maior número de desarmes, um dos com maior número dfinalizações.” 

O Ivan tem 80 jogos com a camisa da Ponte, é o goleiro mais jovem como titular entre as Séries A e B, foi campeão do Torneio de Toulon defendendo o pênalti do título”, concluiu. 

Gustavo Bueno assumiu o cargo de executivo de futebol da Ponte Preta com o objetivo de enxugar a folha salarial. Se concretizadas as saídas de Abner e Ivan, completam-se 13 baixas no elenco desde a sua chegada. Nesse período, os gastos com salário foram reduzidos em aproximadamente R$ 450 mil.

O post Gustavo Bueno admite assédio aos destaques Ivan e Abner apareceu primeiro em Gazeta Esportiva.

Ler artigo completo
Fonte: Gazeta Esportiva