Maxi López pede rescisão de contrato com o Vasco

A passagem do atacante Maxi López pelo Vasco chegou ao fim nesta sexta-feira. Após ficar de fora da viagem para o jogo contra o Fortaleza, neste domingo, no Castelão, o jogador procurou o presidente Alexandre Campello e pediu a rescisão de contrato com o clube e foi atendido pelo mandatário.

Antes da viagem, o técnico Vanderlei Luxemburgo chegou a explicar, em um vídeo divulgado pelas redes sociais do clube, a razão do argentino ter ficado no Rio de Janeiro.

Maxi López foi o capitão do Vasco no jogo contra o Avaí (Foto: Rafael Ribeiro/Vasco.com.br)

“Na análise da comissão técnica, entendemos que o Maxi está fora daquilo que a gente quer que ele esteja. Estamos fazendo um trabalho individualizado com ele. Ele foi bastante amável, aceitou o que a gente propôs, até com um pouco de resistência, gostei dessa resistência dele porque queria estar com o grupo. Ele não viaja para Fortaleza”,  disse.

Maxi López não vem realizando boa temporada, O argentino chegou a ficar alguns jogos na reserva durante o Campeonato Carioca para o jovem Tiago Reis. Após fazer um trabalho na parte física, voltou ao time nas finai do Estadual. No Campeonato Brasileiro, foi titular em todos as partidas.

Desde que chegou na temporada passada, Maxi López atuou em 38 partidas com a camisa do Vasco e marcou 11 gols.

O post Maxi López pede rescisão de contrato com o Vasco apareceu primeiro em Gazeta Esportiva.

Ler artigo completo
Fonte: Gazeta Esportiva

Palmeiras pode disputar torneio com Fortaleza, Ceará e Vasco na pausa da Copa América

Time de Felipão pode participar de torneio durante a pausa da Copa América (Foto: Fernando Dantas/Gazeta Press)

Visando não perder ritmo por conta da disputa da Copa América, o Palmeiras negocia a participação em um torneio amistoso com Vasco, Fortaleza e Ceará durante a pausa para a competição sul-americana, que acontecerá entre os dias 14 de junho e 7 de julho, no Brasil. Em entrevista coletiva na última quinta-feira, Robinson de Castro, presidente do Vozão, disse que o acordo está muito próximo de ser fechado.

“Deverá acontecer. Está faltando só dar uma lida no contrato, mas deverá acontecer. O Ceará não enfrentaria o Fortaleza no primeiro momento, enfrentaria ou Palmeiras ou Vasco, e depois faria uma disputa de primeiro e segundo lugar, e terceiro e quarto”, disse o mandatário alvinegro.

“Desde que o Alexandre Mattos me ligou, perguntado se eu topava, eu disse ‘na hora’. Ele disse ‘vou articular agora com outro clube do Rio e falar com o Fortaleza’. A coisa caminhou e acho que vai ser uma agenda bacana para o fechamento de uma intertemporada que teremos com a parada da Copa América”, completou.

A competição amigável deverá ser disputada no final de junho, já próximo do fim da pausa para a Copa América. Vale ressaltar que o Campeonato Brasileiro retorna suas atividades no dia 14 de julho.

“É um torneio preparatório para o pós-Copa, só depois que todo mundo estiver bem internamente, melhorado as suas condições (físicas). O Palmeiras vem completo, o Vasco deverá vir também. Então não vai ser um amistoso de brincadeira, vai ser um jogo interessante”, explicou Robinson de Castro.

“Vão ser rodadas duplas, os quatro times vão jogar no mesmo dia e depois terá uma nova rodada dupla para o fechamento do torneio. Eu não sei exatamente o dia, mas será no final de junho. O resultado do evento (o lucro) será divido entre as cinco partes do evento: os clubes e a organizadora”, finalizou.

Em posicionamento oficial à reportagem da Gazeta Esportiva, o Palmeiras não confirma a participação no torneio, mas espera uma decisão do Departamento de Futebol em relação ao assunto.

*Especial para a Gazeta Esportiva

 

 

O post Palmeiras pode disputar torneio com Fortaleza, Ceará e Vasco na pausa da Copa América apareceu primeiro em Gazeta Esportiva.

Ler artigo completo
Fonte: Gazeta Esportiva

Vasco vai reduzir elenco para ganhar fôlego financeiro

Vanderlei Luxemburgo, que costuma trabalhar com elenco enxuto, sofrerá algumas perdas para o clube poder contratar outros nomes necessários (Foto: Rafael Ribeiro/Vasco)

O técnico do Vasco, Vanderlei Luxemburgo, gosta de trabalhar com um elenco enxuto, com número suficiente de jogadores para suprir possíveis perdas, porém, que não atrapalhe a rotina de treinamentos. Com a necessidade de buscar reforços e precisando reduzir a folha salarial para isso, o Cruz-Maltino vai tentar negociar alguns atletas para ganhar fôlego financeiro.

O primeiro a deixar São Januário foi o volante Willian Maranhão. O jogador acertou a ida para defender o América-MG na Série B do Campeonato Brasileiro e será anunciado de maneira oficial pelo Coelho nas próximas horas. Antes dele, o volante Marcelo Mattos não teve o contrato renovado, o meia Thiago Galhardo foi afastado por supostamente reclamar dos atrasos salariais e o atacante Rildo se transferiu para a Chapecoense.

Outro a sair provavelmente será o colombiano Oswaldo Henriquez. O zagueiro despertou o interesse do Bahia e já recebeu autorização do Vasco para negociar uma possível transferência. Um acordo pode ser fechado nas próximas horas.

Revelado nas categorias de base do clube, o goleiro Gabriel Félix também não vai permanecer. Ele negocia com um clube do futebol paulista. O lateral-direito Rafael França, zagueiro Kainandro e o volante Rodrigo Fernandes já foram avisados que não vão emplacar o segundo semestre em São Januário.

Dentro de campo o elenco se prepara para o duelo contra o Fortaleza neste domingo, às 19h (de Brasília), na Arena Castelão, em Fortaleza (CE), pela sexta rodada do Campeonato Brasileiro. Com dois pontos conquistados, o time carioca, que segura a lanterna, busca o primeiro triunfo na competição para começar a esboçar uma saída da zona de rebaixamento.

O post Vasco vai reduzir elenco para ganhar fôlego financeiro apareceu primeiro em Gazeta Esportiva.

Ler artigo completo
Fonte: Gazeta Esportiva

Sidão comemora volta por cima no Vasco

Após ser criticado pela má atuação contra o Santos, o goleiro Sidão deu a volta por cima e foi um dos destaques do Vasco no empate com o Avaí, em São Januário, pelo Campeonato Brasileiro. O arqueiro se mostrou feliz pela performance, elogiou a torcida, mas lamentou o resultado em casa.

“Fiquei feliz demais com a atuação, mas ao mesmo tempo triste pelo resultado, pois precisávamos muito desses três pontos. Havia toda a expectativa sobre como a torcida iria me receber, e sou grato aos torcedores pelo apoio. Já no aquecimento todo mundo começou a gritar o meu nome. Isso me deu força para fazer um grande jogo. Agora vou procurar repetir essa boa atuação nos próximos jogos para ajudar o Vasco a conquistar a primeira vitória”, disse.

Sidão comemorou a volta por cima e rasgou elogios ao preparadores do clube, os ex-goleiros Carlos Germano e Acácio.

“É um privilégio vestir a camisa do Vasco. Não é qualquer um que recebe uma oportunidade como essa. Mais incrível ainda é ter a chance de trabalhar ao lado de caras que marcaram época no clube, como o Carlos Germano e o Acácio. Eles conversam sempre conosco para passar experiência e tranquilidade. Tenho aprendido muito não apenas com eles”, declarou.

“O Vanderlei tem feito um grande trabalho. Essa é a segunda semana de trabalho com ele no campo e a gente já está conseguindo assimilar com mais facilidade algumas coisas que ele tem procurado nos passar. Esperamos colocar em prática tudo que ele tem nos passado, pois sei que dessa forma estaremos mais próximos de conquistar um bom resultado e sair o quanto antes dessa situação incômoda”, comentou.

O Vasco se prepara para o duelo deste domingo, contra o Fortaleza, no Castelão, pelo Campeonato Brasileiro. Os cruzmaltinos vão a campo pressionados por estarem na lanterna da Série A.

O post Sidão comemora volta por cima no Vasco apareceu primeiro em Gazeta Esportiva.

Ler artigo completo
Fonte: Gazeta Esportiva

Vasco trabalha para evitar levar gols no fim das partidas

O Vasco poderia ter conseguido a primeira vitória no Campeonato Brasileiro no fim de semana. Porém, o empate por 1 a 1 com o Avaí pode ter sido considerado um castigo aos torcedores, que compareceram em bom número para prestigiar o time em São Januário. O gol dos catarinenses saiu no último lance da partida. O fato gera grande preocupação, pois não é a primeira vez que isso acontece na temporada.

Na final da Taça Rio, segundo turno do Campeonato Carioca, o Vasco vencia o Flamengo por 1 a 0, mas permitiu o empate dos rubro-negros, que levaram o troféu nos pênaltis. Já neste Campeonato Brasileiro, na segunda rodada, o empate contra o Atlético-MG por 1 a 1 já não era considerado grande coisa, por ser em São Januário, porém, o segundo gol do Galo transformou a igualdade em derrota, agravando a crise.

Maxi López foi o capitão do Vasco no jogo contra o Avaí (Foto: Rafael Ribeiro/Vasco.com.br)

“No futebol é preciso ter malandragem quando se está ganhando e falta pouco tempo para o jogo acabar”, reclamou o técnico Vanderlei Luxemburgo após o jogo contra o Avaí, que marcou a sua estreia.

Os jogadores entenderam o recado do comandante. “Quando as coisas não acontecem da forma que esperamos e os resultados não aparecem, a gente tem que entregar mais alguma coisa. É isso que nosso time tem que aprender. Tem dias que a parte técnica não se encontra dentro do jogo, e quando isso acontece precisamos compensar com personalidade, malandragem e algumas outras coisas”, disse o atacante argentino Maxi López.

O elenco do Vasco trabalhou na parte da tarde nesta quinta-feira. O Cruz-Maltino volta a campo no domingo, às 19h (de Brasília), para medir forças com o Fortaleza na Arena Castelão, em Fortaleza (CE), pela sexta rodada. Para este jogo, o lateral-esquerdo Danilo Barcelos, que cumpriu suspensão no empate com o Avaí, volta a ficar à disposição. Porém, outras mudanças podem acontecer para que a equipe melhore seu rendimento. O time só deverá ser definido nas últimas atividades da semana.

O post Vasco trabalha para evitar levar gols no fim das partidas apareceu primeiro em Gazeta Esportiva.

Ler artigo completo
Fonte: Gazeta Esportiva

Para Danilo Barcelos, falta de rodízio prejudicou rendimento do Vasco

Danilo Barcelos prefere ter a semana cheia para trabalhar (Foto: Rafael Ribeiro/Vasco)

O Vasco vive clima tenso após mais um tropeço em casa no Campeonato Brasileiro. O técnico Vanderlei Luxemburgo terá a semana para trabalhar visando o próximo desafio pela Série A, neste domingo, contra o Fortaleza, no Castelão. O lateral esquerdo Danilo Barcelo falou com a imprensa e analisou a atual fase dos cruzmaltinos. Para o jogador, a sequência de jogos sem a alternância do elenco prejudicou a equipe.

“Quando pegamos essa sequência ruim, foi depois de uma sequência de mais de nove jogos. Tivemos um curto espaço com muitos jogos e tivemos queda de produção, mas isso acontece todo ano com clubes no Brasil. Posso citar o Cruzeiro, por exemplo. A gente tem que ter cabeça boa e tranquilidade para saber que jogamos num clube gigante e temos que dar a volta por cima”, disse.

Danilo Barcelos exaltou que o elenco terá a semana livre de treinos e criticou a maratona de jogos do futebol brasileiro.

“Eu gosto de semana cheia. A gente tem muito tempo para corrigir as coisas e descansar o suficiente para fazer um jogo perfeito tecnicamente e fisicamente. Estamos apenas em maio e já devemos ter feito uns 30 jogos. Para mim, isso é um absurdo”, declarou.

Sobre o adversário deste domingo, o lateral prevê mais dificuldade para os cruzmaltinos buscarem a primeira vitória no Campeonato Brasileiro.

O post Para Danilo Barcelos, falta de rodízio prejudicou rendimento do Vasco apareceu primeiro em Gazeta Esportiva.

Ler artigo completo
Fonte: Gazeta Esportiva

Na lanterna, Vasco vai intensificar busca por reforços

A diretoria do Vasco tinha um planejamento de esperar a disputa da Copa América para procurar reforços, dando, assim, tempo ao técnico Vanderlei Luxemburgo de conhecer melhor o elenco. Porém, a delicada situação no Campeonato Brasileiro após cinco partidas ligou de vez o sinal de alerta.

O Cruz-Maltino é o último colocado com apenas dois pontos conquistados e o medo do rebaixamento já é uma realidade em São Januário, embora a competição esteja apenas no começo. Assim, os dirigentes deverão ir rapidamente ao mercado em busca de alguns nomes que possam transmitir alguma segurança.

Alexandre Campello deve agilizar a busca por reforços (Foto: Paulo Fernandes/CRVG)

Vanderlei Luxemburgo tem alguns nomes preferidos e pode usar seu prestígio para tentar convencer jogadores a assinarem contrato com o Vasco. O presidente Alexandre Campello, inclusive, poderá ficar à frente de algumas transações, como uma com o Palmeiras que envolve alguns jogadores.

O interesse do Cruz-Maltino está no volante Matheus Fernandes, que foi revelado nas categorias de base do Botafogo, e no meia venezuelano Alejandro Guerra, que tem recentemente encontrado muitos problemas clínicos. O lateral-direito Fabiano e o zagueiro Antônio Carlos também poderiam ser envolvidos.

Dentro de campo, o elenco segue trabalhando de olho no próximo compromisso no Campeonato Brasileiro. O Cruz-Maltino volta a campo no domingo, às 19 horas (de Brasília), para medir forças com o Fortaleza na Arena Castelão, em Fortaleza (CE), pela sexta rodada.

Para este jogo, o lateral-esquerdo Danilo Barcelos, que cumpriu suspensão no empate com o Avaí, volta a ficar à disposição. Porém, outras mudanças podem acontecer para que a equipe melhore seu rendimento. O time só deverá ser definido nas últimas atividades da semana. O elenco treina na parte da tarde nesta quarta-feira.

O post Na lanterna, Vasco vai intensificar busca por reforços apareceu primeiro em Gazeta Esportiva.

Ler artigo completo
Fonte: Gazeta Esportiva