Empate tira o Guarani da lanterna e mantém o Botafogo-SP fora do G-4

Foto: Divulgação

Em um duelo realizado na noite deste sábado, em Ribeirão Preto, Botafogo-SP e Guarani ficaram no 0 a 0 pela 10ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série B. O resultado impediu o time da casa de entrar no G-4 da competição, estacionando nos 17 pontos, um a menos do que o Atlético-GO, quarto colocado. O Bugre, por sua vez, ao menos igualou os seis pontos do América-MG e jogou o rival para a lanterna.

O primeiro tempo pouco apresentou de futebol aos torcedores que compareceram à casa botafoguense. Depois de um bom chute de Murilo Henrique, logo no começo da partida, o time da casa ficou preso na marcação adversária e teve muita dificuldade para ameaçar o gol de Jefferson. O Bugre, ameaçado pela lanterna do torneio, pareceu contente com a igualdade.

Na etapa final, os anfitriões mantiveram a busca pelo gol a todo momento, mas outra vez foram travados na maioria dos lances pela dedicada equipe do Guiarani. Mesmo com mais de 60% da posse de bola, o time da casa não conseguiu tirar o zero do placar.

Os dois times voltam a jogar na terça-feira, dia que reservará nove dos dez jogos da 11ª rodada da Série B. Os campineiros recebem o Cuiabá às 19h15 (de Brasília) no Brinco de Ouro da Princesa, enquanto os tricolores visitam o Atlético-GO, às 20h30 (de Brasília), no Serra Dourada, em Goiânia.

FICHA TÉCNICA
BOTAFOGO-SP 0 X 0 GUARANI

Local: Estádio Santa Cruz, em Ribeirão Preto (SP)
Data: 20 de julho de 2019, sábado
Horário: 19h (de Brasília)
Árbitro: Lucas Canetto Bellote (SP)
Assistentes: Evandro de Melo Lima (SP) e Fabrini Bevilaqua Costa (SP)
Cartões amarelos: Nadson, Murilo Henrique e Naylhor) (Botafogo); Deivid, DIego Giaretta e Lenon (Guarani)

BOTAFOGO-SP: Darley; Lucas, Naylhor, Leandro Amaro e Vinícius Freitas; Nadson (Erik), Marlon Freitas, Higor Meritão e Murilo; Felipe Saraiva (Ronald) e Rafael Costa (Henan)
Técnico: Roberto Cavalo

GUARANI: Jefferson; Lenon, Ferreira, Luiz Gustavo e Diego Giaretta; Deivid e Igor Henrique; Deivid Souza (Vitor Feijão), Arthur Rezende (Bady) e Diego Cardoso (Éder Luis); Michel Douglas.
Técnico: Roberto Fonseca

O post Empate tira o Guarani da lanterna e mantém o Botafogo-SP fora do G-4 apareceu primeiro em Gazeta Esportiva.

Ler artigo completo
Fonte: Gazeta Esportiva

Vila Nova e América-MG ficam no empate no Serra Dourada

Vila Nova e América-MG estrearam seus técnicos na tarde deste sábado, no estádio Serra Dourada, mas ambos não terão grande lembrança do embate pela 10ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série B. Em duelo com muitos erros técnicos, o placar ficou no 1 a 1 ao final do jogo, com Juninho abrindo o placar para os visitantes e Diego Jussani igualando para os donos da casa.

Os comandados goianos de Marcelo Cabo, 15º no torneio com 11 pontos, seguem a sua caminhada na segunda divisão às 19h15 (de Brasília) da terça-feira, quando visitam o Coritiba, no Couto Pereira. No mesmo dia, mas às 21h30 (de Brasília), Felipe Conceição e os mineiros, com seis e na 19ª posição, voltam ao Independência para receber o Oeste.

Duelo foi no estádio Serra Dourada (Foto: Douglas Monteiro/Vila Nova FC)

Gols anulados e reclamação

O primeiro tempo da partida teve a bola na maior parte do tempo nos pés dos donos da casa, mas com poucas chances clara de gol. Os melhores lances ficaram pelos tentos anulados pela arbitragem, um para cada lado, ambos com polêmicas.

Quem fez o primeiro foi o América, que viu Jonatas Belusso aproveitar recuo mal feito de Wesley Matos e encobrir Rafael Santos. O auxiliar, porém, marcou impedimento na origem do lance, um lançamento de Juninho para o ataque, em que Belusso parecia ligeiramente adiantado.

Já próximo do intervalo, o Vila teve a sua ocasião para reclamar. Rafael Santos chutou da sua área e, quando a bola já estava quase na linha da área mineira, Ricardo Silva cabeceou para trás. Bruno Mota, em lance muito semelhante ao do Coelho, tocou na saída do goleiro e saiu para comemorar, mas o auxiliar manteve o critério e anulou o lance.

Zero sai do placar, mas empate, não

O Vila quase abriu o placar no começo da etapa final, quando Alan Mineiro cobrou falta e Felipe Rodrigues finalizou para boa defesa de Jori. Logo no contra-ataque desse lance, porém, saiu o tento inaugural: Zé Ricardo bateu da entrada da área, Rafael Santos deu rebote para a frente e Juninho, livre, teve espaço para tocar no canto do goleiro e fazer 1 a 0.

Os donos da casa demoraram um pouco a assimilar o golpe, mas conseguiram manter pressão a partir dos 20 minutos da etapa final. Depois de uma série de bolas alçadas na área, o gol enfim saiu para os goianos. Alan Mineiro, sempre ele, cruzou na marca do pênalti e Diego Jussani cabeceou no ângulo esquerdo. Jori havia dado um passo para o lado e não conseguiu voltar.

O jogo ficou aberto, mas ambas equipes mostraram muita dificuldade para criar chances. Os técnicos promoveram quatro alterações nos 15 minutos finais, mas nenhuma delas conseguiu ser efetiva. Alan Mineiro ainda bateu uma última bola na área antes do apito final, mas o juiz viu falta antes que qualquer perigo rolasse.

FICHA TÉCNICA
VILA NOVA 1 X 1 AMÉRICA-MG

Local: Serra Dourada, Goiânia (GO)
Data: 20 de julho de 2019 (Sábado)
Horário: 16h30 (de Brasília)
Árbitro: Emerson Ricardo (BA)
Assistentes: Alessandro Alvaro Rocha de Matos (BA) e Edevan de Oliveira Pereira (BA)
Cartão amarelo: Willian Maranhão (América-MG)
Gols:
VILA NOVA: Diego Jussani, aos 33 minutos do segundo tempo
AMÉRICA-MG: Juninho, aos 12 minutos do segundo tempo

VILA NOVA: Rafael Santos; Felipe Rodrigues, Wesley Matos, Diego Jussani e Romário; Ramon, Neto Moura (Elias) e Alan Mineiro; Mateus Anderson (Facundo Boné), Bruno Mota e Alan Carius (Erick)
Técnico: Marcelo Cabo

AMÉRICA-MG: Jori; Leandro Silva, Paulão, Ricardo Silva e Sávio (Geovane); Zé Ricardo, Willian Maranhão, Juninho e Mateusinho; Felipe Azevedo (França) e Jonatas Belusso (Júnior Viçosa)
Técnico: Felipe Conceição

O post Vila Nova e América-MG ficam no empate no Serra Dourada apareceu primeiro em Gazeta Esportiva.

Ler artigo completo
Fonte: Gazeta Esportiva

Em duelo de opostos, Botafogo-SP e Guarani se enfrentam em clássico do interior paulista

Botafogo quer recuperar vaga no G4 da competição (Foto: Divulgação/Botafogo-SP)

Na noite deste sábado, Botafogo-SP e Guarani se enfrentam pela 10ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro, às 19h (de Brasília), no Estádio Santa Cruz, em Ribeirão Preto, com diferentes objetivos. Enquanto o Fogão quer voltar ao G4, o Bugre busca uma vitória para seguir na luta contra o rebaixamento.

O time da casa atualmente ocupa a sexta colocação da Segundona, com 16 pontos, após nove jogos disputados. Em caso de triunfo sobre o clube de Campinas, o Tricolor reassume a vice-liderança do torneio.

“É um jogo importante para retomarmos o caminho das vitórias. Trabalhamos forte durante a semana e estamos cientes do que precisa ser feito para dar a resposta dentro de campo”, disse o lateral-esquerdo Vinicius Freitas.

Apesar da boa colocação na tabela, o Fogão vem de três jogos sem vitória, com duas derrotas e um empate. Na última rodada, que marcou a volta do clube ao calendário oficial após a pausa para a Copa América, perdeu em casa para o Brasil de Pelotas.

Para a partida, o treinador Roberto Cavalo fará algumas alterações. Uma delas será a entrada de Vinicius Freitas no lugar de Pará na lateral esquerda. Higor Meritão entrará na vaga de Jonata Machado e Felipe Saraiva no de Willian Oliveira. A única dúvida na escalação titular acontece na parte ofensiva. O comandante poderá optar por Erick ou por Nadson para o duelo.

Bugre quer sair do rebaixamento (Foto: Letícia Martins/Guarani)

O adversário do Botafogo será um rival do interior paulista, que vive momento delicado na Série B. O Bugre vem de seis partidas sem um triunfo, com cinco derrotas e um empate, e amarga a 18ª colocação, com apenas 5 pontos, na zona de rebaixamento. A última vitória aconteceu em maio contra o Vitória.

“Tem que sair de lá sem tomar gol, buscar a vitória que precisamos e continuar focado para dar sequência no campeonato e sair da situação que a gente está. Precisamos ao todo melhorar. É continuar trabalhando, melhorando aos poucos. Creio que essa situação vai virar e a gente vai dar a volta no campeonato”, disse o atacante Diego Cardoso.

O técnico Roberto Fonseca deve promover algumas alterações em relação ao time derrotado para o CRB na semana passada. Para a lateral esquerda, Diego Giaretta deve ser o substituto do lesionado Armero, enquanto o volante Deivid deve pegar a vaga do suspenso Ricardinho. No ataque, Deivid Souza pode ganhar o lugar de Éder Luis.

FICHA TÉCNICA
BOTAFOGO-SP X GUARANI

Local: Estádio Santa Cruz, em Ribeirão Preto (SP)
Data: 20 de julho de 2019, sábado
Horário: 19h (de Brasília)
Árbitro: Lucas Canetto Bellote (SP)
Assistentes: Evandro de Melo Lima (SP) e Fabrini Bevilaqua Costa (SP)

BOTAFOGO-SP: Darley; Lucas, Naylhor, Leandro Amaro e Vinícius Freitas; Marlon Freitas, Higor Meritão, Murilo; Nadson (Erick Luís), Felipe Saraiva e Rafael Costa.
Técnico: Roberto Cavalo

GUARANI: Jefferson; Lenon, Ferreira, Luiz Gustavo e Diego Giaretta; Deivid e Igor Henrique; Deivid Souza, Arthur Rezende e Diego Cardoso; Michel Douglas.
Técnico: Roberto Fonseca

O post Em duelo de opostos, Botafogo-SP e Guarani se enfrentam em clássico do interior paulista apareceu primeiro em Gazeta Esportiva.

Ler artigo completo
Fonte: Gazeta Esportiva

Na estreia de Roberto Fonseca, Guarani perde para o CRB e segue na vice-lanterna

Roberto Fonseca estreou com derrota no comando do Guarani (Foto: Letícia Martins/Guarani Futebol Clube)

Em partida válida pela nona rodada da Série B do Campeonato Brasileiro, a primeira após a pausa para a Copa América, CRB e Guarani se enfrentaram no Estádio Rei Pelé, em Maceió. E os alagoanos retornaram à competição nacional com vitória por 2 a 1 sobre os paulistas, que jogaram pela primeira vez sob o comando do técnico Roberto Fonseca. Alisson Farias e Willie marcaram para os donos da casa, enquanto Michel Douglas fez para os visitantes.

Com o resultado, o Galo chega a 13 pontos conquistados e sobe para a sétima colocação na tabela. O Bugre, por sua vez, segue na vice-lanterna do campeonato, somando apenas cinco pontos e seis derrotas em nove jogos.

Pela próxima rodada, ambas as equipes jogam no mesmo dia e horário. No sábado (20), às 19h (de Brasília), o Guarani visita o Botafogo-SP no Estádio Santa Cruz, enquanto o CRB joga contra o Operário-PR no Estádio Germano Krüger.

O jogo

Os donos da casa aproveitaram o apoio da torcida e abriram o placar logo aos seis minutos de jogo. Willians Santana ganhou de cabeça, achou Alisson Farias dentro da área do Guarani e o atacante cortou o marcador e bateu para o fundo das redes, abrindo o placar para o CRB.

A resposta do Guarani veio aos dez minutos. Eder Luis recebeu na entrada da área e chutou forte, mas parou em Mardden, que espalmou para escanteio. Na cobrança do tiro de canto, Igor Henrique recebeu o cruzamento de Eder Luis e cabeceou para fora.

Nos minutos seguintes, as duas equipes revezaram chances perigosas. Aos, 14 Ferrugem quase ampliou, mas Jefferson evitou com grande defesa. Dois minutos depois, Ricardinho pegou de primeira e mandou muito perto do gol do Galo. E aos 20, Willians Santana recebeu após bela jogada do CRB e finalizou colocado, acionando o arqueiro do Bugre mais uma vez.

E os últimos momentos da etapa inicial foram uma montanha-russa de emoções para os torcedores dos dois times. Aos 42, Diego Cardoso levantou na área e Michel Douglas, de cabeça, igualou o marcador. Contudo, a alegria do Guarani durou pouco, já que, logo em seguida, Felipe Ferreira cruzou de três dedos e Willie, também de cabeça, colocou o Galo de novo à frente.

Na volta do intervalo, aos sete minutos, o Bugre quase chegou ao empate novamente. Em cobrança de escanteio de Arthur Rezende, Luiz Gustavo cabeceou bem, porém Ferrugem apareceu e tirou em cima da linha, mantendo o 2 a 1 no placar.

Com mais posse de bola, mas com pouca objetividade, o Guarani criou menos que no primeiro tempo. Sem sofrer muito na defesa e também sem ameaçar o adversário, o CRB conseguiu segurar a vantagem até o final da partida.

FICHA TÉCNICA
CRB 2 X 1 GUARANI

Local: Estádio Rei Pelé, Maceió (AL)
Data: 12 de julho de 2019 (sexta-feira)
Horário: 19h15 (de Brasília)
Árbitro: Emerson de Almeida Ferreira (MG)
Assistentes: Marcus Vinicius Gomes e Marcyano da Silva Vicente (MG)
Cartões amarelos: Wellington Carvalho e Victor Ramos (CRB); Ferreira, Eder Luis, Ricardinho e Luiz Gustavo (Guarani)
Gols: Alisson Farias, aos seis minutos do primeiro tempo; Willie, aos 44 minutos do primeiro tempo (CRB); Michel Douglas, aos 42 minutos do primeiro tempo (Guarani)

CRB: Mardden; Daniel Borges, Wellington Carvalho, Victor Ramos e Igor; Claudinei, Ferrugem (Ewerton Páscoa), Felipe Ferreira e Willians Santana (Hugo Sanches); Alisson Farias (Bryan) e Willie.
Técnico: Marcelo Chamusca

GUARANI: Jefferson; Lenon, Ferreira, Luiz Gustavo e Armero; Igor Henrique, Ricardinho e Arthur Rezende (Bady); Diego Cardoso (Deivid Souza), Michel Douglas (Davó) e Eder Luis.
Técnico: Roberto Fonseca

O post Na estreia de Roberto Fonseca, Guarani perde para o CRB e segue na vice-lanterna apareceu primeiro em Gazeta Esportiva.

Ler artigo completo
Fonte: Gazeta Esportiva

Após vitória sobre Palmeiras na pausa, Guarani encara CRB no retorno à Série B

O Guarani reinicia sua caminhada na Série B do Campeonato Brasileiro nesta sexta-feira, às 19h15 (de Brasília), diante do CRB, no estádio Rei Pelé, em Maceió, local, inclusive, de onde nunca saiu vitorioso em sua história. Para o confronto da nona rodada, o técnico Fonseca poderá contar com alguns reforços recém-contratados.

Roberto Fonseca vai em busca da segunda vitória do Guarani na Série B (Foto: Divulgação)

Vindo de uma vitória em cima do Palmeiras em amistoso durante a Copa América, o Bugre terá à disposição o zagueiro Luiz Gustavo, ex-Vasco, e o atacante Michel Douglas, contratado junto ao Vila Nova, que apareceram no Boletim Informativo Diário (BID) da CBF e estão liberados para o confronto. O centroavante deve ser um dos titulares da equipe, depois de ter treinado no time principal durante a semana.

Apesar de ter vencido o atual líder da Série A, o Guarani precisa se concentrar – e muito – na Série B, isso porque é apenas o vice-lanterna da competição, com apenas cinco pontos conquistados, advindos de uma vitória e dois empates. Já são cinco as derrotas na temporada.

Do outro lado, o atacante Léo Ceará é a baixa. O técnico Marcelo Chamusca confirmou, em coletiva de imprensa, que o jogador está com virose e não poderá atuar – as opções são Dudu e Willie para a vaga do jogador. O treinador também aproveitou para enfatizar o que foi trabalhado durante a pausa da Copa América.

“Nós trabalhamos alguns conceitos que vão fazer com que a equipe melhore. Temos Lucas Siqueira recuperado, Claudinei recuperado, Sanches recuperado, o Wellington Carvalho também. Também trabalhamos muito a parte emocional dos atletas, e demos ênfase também ao modelo de jogo”, finalizou.

O CRB é o 13º colocado na competição, com dez pontos conquistados, frutos de três vitórias, um empate e quatro derrotas. O Bragantino-SP é o líder da competição, com 19 pontos em nove rodadas.

FICHA TÉCNICA
CRB X GUARANI

Local: Estádio Rei Pelé, Maceió (AL)
Data: 12 de julho de 2019 (sexta-feira)
Horário: 19h15 (de Brasília)
Árbitro: Emerson de Almeida Ferreira (MG)
Assistentes: Marcus Vinicius Gomes e Marcyano da Silva Vicente (MG)

CRB: Mardden; Daniel Borges, Wellington Carvalho, Victor Ramos e Igor; Claudinei, Ferrugem, Felipe Ferreira e Willians Santana; Alisson Farias e Dudu (Willie).
Técnico: Marcelo Chamusca

GUARANI: Jefferson; Lenon, Ferreira, Bruno Silva (Luiz Gustavo) e Armero; Igor Henrique, Ricardinho e Arthur Resende; Diego Cardoso, Michel Douglas e Eder Luis.
Técnico: Roberto Fonseca

O post Após vitória sobre Palmeiras na pausa, Guarani encara CRB no retorno à Série B apareceu primeiro em Gazeta Esportiva.

Ler artigo completo
Fonte: Gazeta Esportiva

Guarani vence último jogo-treino antes da volta da Série B

Bugre venceu no CT (Foto: Letícia Martins/Guarani)

Neste sábado, o Guarani realizou o último teste antes de voltar a disputar a Série B do Campeonato Brasileiro. O time comandado por Roberto Fonseca fez um jogo-treino diante do Pouso Alegre, no Centro de Treinamento, em Campinas, e venceu por 2 a 0.

A atividade foi dividida em três tempos de 30 minutos. A primeira etapa terminou empatada sem gols. Já na segunda, o Bugre abriu o placar, com Deivid Souza, e, novamente com o atacante, ampliou o marcador. Na última parte da atividade, o Guarani não criou chances claras de gol e o triunfo por 2 a 0 foi decretado.

A equipe do interior paulista volta aos treinamentos na próxima segunda-feira, dia 8, semana da partida que marca a volta da Segundona. O Bugre enfrenta o CRB, na sexta-feira, dia 12, às 19h15 (de Brasília), no Estádio Rei Pelé, em Maceió.

O post Guarani vence último jogo-treino antes da volta da Série B apareceu primeiro em Gazeta Esportiva.

Ler artigo completo
Fonte: Gazeta Esportiva

CRB regulariza Israel e busca inscrever Willians Santana no BID até dia 12

CRB busca inscrever Willians Santana no BID até o dia 12 (Foto: Maxwell Oliveira/ CRB)

Contratado pelo CRB no início de junho, o lateral-direito Israel foi regularizado nesta quarta-feira pela CBF e já poderá estrear na Série B no confronto contra o Guarani, que ocorre no Rei Pelé, no próximo dia 12.

Outro atleta que chegou para reforçar a equipe no segundo semestre é Willians Santana. Diferentemente de Israel, o meia-atacante de 31 anos ainda não teve sua situação regularizada e não está confirmado para o retorno da Série B.

Willians Santana estava no Al-Khor, do Catar, e por se tratar de uma negociação internacional, sua inscrição no BID é mais demorada. O CRB espera resolver a situação até o dia 12.

Antes do reinício do Campeonato Brasileiro da Série B, o CRB recebe no Rei Pelé a equipe do Retrô-PE, em jogo-treino marcado para as 15h do próximo sábado.

 

O post CRB regulariza Israel e busca inscrever Willians Santana no BID até dia 12 apareceu primeiro em Gazeta Esportiva.

Ler artigo completo
Fonte: Gazeta Esportiva

Com gol olímpico, Palmeiras caiu para o Guarani em último jogo no Brinco

Palmeiras e Guarani entram em campo às 19h30 (horário de Brasília) desta quarta-feira em mais um amistoso de intertemporada no Brinco de Ouro da Princesa. As equipes não se enfrentam no estádio campineiro há sete anos, quando os Alviverdes disputaram as quartas de final do Campeonato Paulista, vencida pelo time do interior.

Também comandado por Felipão, o Palmeiras sofreu gol olímpico de Fumagalli e outros dois de Fabinho e acabou derrotado por 3 a 2.

Em momento fragilizado, o Palmeiras, 5º colocado na primeira fase da competição, tinha pela frente o Guarani, que terminou na 4ª posição, em partida única no interior. Após um primeiro tempo sem gols, o meia do Guarani Fumagalli mudou os rumos do confronto ainda aos cinco minutos da etapa final. O camisa 10 cobrou escanteio com muito capricho e a bola caiu sem desvios dentro do gol de Deola. Gol olímpico.

A situação se complicou ainda mais para o Alviverde da capital três minutos depois. A defesa do time de Felipão não afastou o perigo no lado direito e Oziel invadiu a área. O lateral cruzou e Fabinho, livre de marcação, ampliou o placar. O Palmeiras reagiu e descontou a contagem um minuto depois, com Marcos Assunção aproveitando rebote após falha do goleiro Emerson.

Mesmo assim, o Alviverde não conseguiu igualar o ímpeto do Bugre e ainda tomou o terceiro gol, aos 45 minutos. Mais um de Fabinho em falha de Deola na saída da meta. O Palmeiras ainda chegaria a movimentar o placar nos momentos finais, em finalização do zagueiro Henrique, hoje no Corinthians, mas não conseguiu evitar a desclassificação.

No histórico do confronto, o Palmeiras já visitou o Guarani 94 vezes, com 38 vitórias, 25 empates e 31 triunfos da equipe do interior. Ao todo o Verdão marcou 148 gols e o Bugre 123. No último amistoso disputado entre as equipes, em 1973, vitória palmeirense por 1 a 0.

O post Com gol olímpico, Palmeiras caiu para o Guarani em último jogo no Brinco apareceu primeiro em Gazeta Esportiva.

Ler artigo completo
Fonte: Gazeta Esportiva