Egídio confia em reabilitação e espera ver goleador balançar as redes

Egídio será utilizado contra a Chapecoense, neste domingo (Foto: Cruzeiro)

Ao que tudo indica, o lateral-esquerdo Egídio será titular na noite deste domingo, contra a Chapecoense, no Independência, pelo Campeonato Brasileiro. A Raposa entra em campo com o objetivo de se recuperar na competição e voltar a vencer. Com o momento questionável, o ala garante que confia na reabilitação na temporada.

“O que me faz ter confiança são os treinamentos. Treinamos bem e estamos prontos para voltar a jogar bem, ter defesa sólida, trocar passes, criar jogadas. Estamos trabalhando forte, um volume de treinamento significativo. Tenho certeza que no domingo vamos colocar isso em prática e volta a vencer. Isso é o mais importante, o cruzeirense está acostumado com vitórias”, salientou.

Algo que tem chamado atenção nos jogos recentes do Cruzeiro é a falta de participação de Fred. Egídio disse que o camisa 9 se cobra bastante e sabe que mais cedo ou mais tarde a bola vai entrar.

“Fred é matador, goleador. Mas a gente não fica ansioso para ele marcar. Uma hora a bola vai voltar a entrar, não só dele, mas do time. E nós queremos ajudá-lo a voltar a marcar. Aqui é um time, o individual vai sobressair se o coletivo estiver bom. Acredito que vamos sair todos felizes”, finalizou.

O post Egídio confia em reabilitação e espera ver goleador balançar as redes apareceu primeiro em Gazeta Esportiva.

Ler artigo completo
Fonte: Gazeta Esportiva

Cruzeiro “escala” líderes para entrevistas e Fábio fala em excesso de confiança

Fábio alerta para informações mentirosas sobre o time do Cruzeiro (Foto: Cruzeiro)

Nos últimos dias algo ficou claro: os jogadores com mais identificação com a torcida do Cruzeiro foram escalados para as entrevistas coletivas. O volante Henrique, o zagueiro Léo e o goleiro Fábio, todos com vários anos de serviços prestados a agremiação mineira, foram para as coletivas – em modo geral todos evitaram ampliar uma crise. O camisa 1 do grupo celeste explicou a situação por um excesso de confiança dos jogadores.

“São momentos que aparecem quando você ganha uma competição, vai muito bem em outra, somente escuta elogios, e, às vezes, de modo inconsciente, você entra em alguma partida pensando que vai ser natural, que você vai conseguir render o esperado, tanto pelo grupo, pela sequência, são vários fatores que passam u m excesso de confiança, mas que dentro do jogo a gente sabe que as coisas são resolvidas apenas no campo”, destacou o goleiro cruzeirense.

Nos últimos dias várias situações foram apontadas para o momento turbulento vivido pelo Cruzeiro. Foi falado que a diretoria não conseguiu arcar com uma dívida de premiações dos jogadores, que o técnico Mano Menezes estava emprestando dinheiro para o time celeste e, também, que há um racha entre os atletas celeste. Entre os nomes citados estava o do goleiro Fábio. Ele lamentou ter seu nome envolvido em algo que trata como “boato”.

“Infelizmente o resultado negativo aconteceu. Com os placares que não vêm nos favorecendo, aí as pessoas colocam muitas polêmicas, as pessoas vão falando com muito mais facilidade nas redes sociais e, infelizmente, gera em alguns torcedores o sentimento de verdade, prejudicando todo o trabalho e planejamento. E também o caráter de todos que estão aqui dentro do Cruzeiro. Eu que estava fora vi várias situações com o meu nome, mas essas coisas infelizmente acontecem nas redes sociais, as pessoas vão sempre colocando as palavras sem assumir nenhum tipo de responsabilidade”, disse o arqueiro que acrescentou que isso tem se tornado algo comum.

“A gente já está calejado quando a isso. Já vivenciamos várias situações assim. Agora é focar no próximo jogo, contra a Chapecoense, porque as coisas que aconteceram contra o Fluminense não têm mais como voltar atrás”, finalizou.

O post Cruzeiro “escala” líderes para entrevistas e Fábio fala em excesso de confiança apareceu primeiro em Gazeta Esportiva.

Ler artigo completo
Fonte: Gazeta Esportiva

Em crise, Mano fecha treino do Cruzeiro; Dedé fica fora de atividade

Mano Menezes tenta corrigir os problemas do Cruzeiro (Foto: Vinnicius Silva/Cruzeiro)

Tornou-se um hábito do Cruzeiro em 2019 fechar os treinamentos antes de qualquer partida, seja do Campeonato Mineiro, da Copa Libertadores ou do Brasileirão. No entanto, nesta quarta-feira, com a semana cheia de trabalhos, o técnico Mano Menezes fechou as atividades antes do jogo contra a Chapecoense, no Mineirão, no domingo, às 19h (de Brasília), pelo Campeonato Brasileiro.

A explicação está no momento vivido pelo Cruzeiro. Há algum tempo a Raposa não faz uma grande exibição. Alias, bem pelo contrário. O time de Mano Menezes passou a não impressionar mais – como vinha fazendo até a final do Campeonato Mineiro. Agora, o grupo convive com derrotas, jogos ruins e, sobretudo, críticas. Mano decidiu fechar a casa.

Para ter oportunidade de trabalhar em silêncio e mudar o patamar que agora se encontra, o Cruzeiro não deixou que os jornalistas percebessem detalhes dos treinamentos. A imprensa entrou, conversou com o jogador na entrevista coletiva, conseguiu ver o aquecimento – algo em torno de 10 a 15 minutos – e depois precisou sair para o fechamento dos portões. Quando a turma da comunicação deixou a Toca II, Mano iniciou o trabalho de reconstrução para tentar colocar o trem novamente nos trilhos.

O motivo para a crise não foi explicado. O elenco não está rachado, conforme a diretoria e o capitão Henrique garantem. Outra resposta, todavia, não era esperada. Os salários estão em dia e as premiações também, algo ressaltado pelo vice-presidente Itair Machado. As especulações surgiram após a dura derrota para o Fluminense, por 4 a 1, no último fim de semana, pelo Campeonato Brasileiro. Em um programa do canal Fox Sports, inclusive, foi citado que Mano Menezes empresta dinheiro à agremiação celeste. Isso foi desmentido. O jornalista Jorge Nicola, em seu blog, contou que há um racha no elenco e que premiações estariam atrasadas. Como citado acima, tudo desmentido – normal.

Enquanto a crise não passa, Mano trabalha. Fechou o treino e quer arrumar a casinha. Sofrer quatro gols não é normal para ele que em outros tempos, em 2017, prometeu, inclusive, que a equipe não sofreria mais de três. Para corrigir os problemas na defesa, o treinador não pôde contar com Dedé: o atleta ficou em trabalhos internos, mas não será problema para o duelo contra a Chapecoense, no Mineirão.

O post Em crise, Mano fecha treino do Cruzeiro; Dedé fica fora de atividade apareceu primeiro em Gazeta Esportiva.

Ler artigo completo
Fonte: Gazeta Esportiva

Vice do Cruzeiro desmente salários e racha no elenco: “Não existe crise aqui”

Itair Machado disse que não há crise no Cruzeiro (Foto: Vinnicius Silva/Cruzeiro)

O momento do Cruzeiro, sem vitórias e jogando mal nas últimas partidas, fez com que o vice-presidente da Raposa, Itair Machado, fosse a entrevista coletiva, na tarde desta terça-feira, na reapresentação da equipe, para conversar com a imprensa. O cartola garantiu que não há crise na agremiação e tratou com normalidade o momento vivido.

“Indiferente da maneira como o Cruzeiro se portou no Brasileirão, muitos rumores deixando nossa torcida intranquila, com relação a algumas mentiras que foram divulgadas sobre o nosso clube. Viemos esclarecer, e trouxemos o capitão (Henrique), para dizer que o Cruzeiro, infelizmente, para alguns, está em dia, não deve em nada do ano passado, está em dia com os salários, não está com o grupo rachado, nosso grupo está unido. Acabamos de fazer uma reunião que é rotineira quando o resultado não vem. Queremos tranquilizar a nossa torcida de que está tudo bem, fora os resultados fora de casa no Brasileirão. Fizemos três jogos fora de casa e não fomos bem, isso tem que ser discutido. Da nossa parte, o esclarecimento é esse: não existe crise aqui no Cruzeiro”, garantiu.

Nos últimos dias duas informações circularam nas redes sociais sobre a situação financeira do Cruzeiro. Uma delas, no Fox Sports, um comentarista disse que o técnico Mano Menezes “teria” emprestado dinheiro para a Raposa. Itair tratou a informação como absurda.

“Fiquei chateado com o que falaram que o Mano Menezes empresta dinheiro para o Cruzeiro. Um absurdo alguém dizer isso numa emissora de TV. Isso é um desrespeito com o futebol mineiro. Os jornalistas de Rio e São Paulo ficam incomodados. Nos últimos tempos, o Cruzeiro foi bicampeão brasileiro, quebrando uma hegemonia do eixo Rio-São Paulo. Isso parece que incomoda. Não vamos atacar aqui. O nosso torcedor sabe que isso (de o Mano emprestar dinheiro) é mentira. Há uma má vontade com o Cruzeiro. Parece isso”, acrescentou.

Nesta terça-feira, em seu blog, o jornalista Jorge Nicola informou que o Cruzeiro está com premiações atrasadas. O dirigente celeste garantiu que tudo foi pago. “Premiação, falam que os jogadores do Cruzeiro estão insatisfeitos por não terem recebido a premiação da Copa do Brasil do ano passado. Essa premiação foi paga online, foi paga na medida em que o time foi avançando. Talvez o repórter que deu essa informação, e que é de São Paulo, não conheça o sistema de pagamento online”, concluiu.

O post Vice do Cruzeiro desmente salários e racha no elenco: “Não existe crise aqui” apareceu primeiro em Gazeta Esportiva.

Ler artigo completo
Fonte: Gazeta Esportiva

Thiago Neves fala em “pequena crise” no Cruzeiro, mas rechaça elenco rachado

Thiago Neves lamentou o momento do Cruzeiro (Foto: twitter Cruzeiro)

A goleada sofrida para o Fluminense, por 4 a 1, no Maracanã, pelo Campeonato Brasileiro, escancarou o problema vivido pelo Cruzeiro. A equipe já não joga bem há algumas partidas e o sistema defensivo, sempre muito forte com o técnico Mano Menezes, passou a cometer algumas falhas.

O meia Thiago Neves destacou, usando seu Instagram oficial, que há uma “pequena crise” com o momento. Ele, no entanto, garantiu que não há grupo rachado dentro do Cruzeiro.

“Todo time passa por momentos de instabilidade, e esse é o nosso momento de passar por isso. É ruim sim, muito ruim, mas não é por isso que o grupo está rachado, não é por isso que os jogadores estão querendo derrubar treinador. Isso não existe mais no futebol. Todos sabemos que está muito ruim e que temos que melhorar, todos! O que não precisamos é de mentiras para querer atrapalhar nosso ambiente, que é e sempre será bom! Precisamos de vocês, porque quando está ganhando é fácil. É agora, na dificuldade, que precisamos de vocês. Vamos fazer uma boa semana e acabar com tudo isso já no próximo jogo, se Deus quiser. Contamos com vocês no domingo para espantar essa pequena crise que estamos enfrentando”, salientou.

A explicação de Thiago Neves acontece justamente no momento que várias mensagens começam a circular nos aplicativos dizendo que o elenco do Cruzeiro está rachado, que os salários estão atrasados entre outras coisas, nada confirmado oficialmente.

Thiago pediu paciência ao torcedor cruzeirense e lembra que nunca viveu uma situação parecida pelo time celeste. “Eu entendo a revolta de vocês torcedores. Vocês não estão acostumados com isso, com o time jogando mal, tomando gols bobos e perdendo. Estou indo para o meu terceiro ano no Cruzeiro e também nunca tinha passado por um momento ruim desses”, finalizou.

O post Thiago Neves fala em “pequena crise” no Cruzeiro, mas rechaça elenco rachado apareceu primeiro em Gazeta Esportiva.

Ler artigo completo
Fonte: Gazeta Esportiva

Fluminense e Cruzeiro se reencontram no Maracanã

Três dias depois de terem empatado por 1 a 1 no Maracanã, no Rio de Janeiro (RJ), pela partida de ida das oitavas de final da Copa do Brasil, Fluminense e Cruzeiro se reencontram neste sábado, às 18h(de Brasília), no mesmo palco, para a quinta rodada do Campeonato Brasileiro. Ganhar é uma necessidade para ambos. O Tricolor, que vem de uma derrota de 1 a 0 para o Botafogo no clássico carioca, tem três pontos e flerta perigosamente com a zona de rebaixamento. Com seis pontos, a Raposa quer se reerguer do revés de 3 a 1 para o Internacional e encostar no G-6, a zona de classificação para a Copa Libertadores.

Pela proximidade dos dois jogos Fernando Diniz, treinador do Fluminense, não espera grandes surpresas.

“Nós precisamos estar prontos para o que o Cruzeiro quiser propor, assim como eles vão se preparar da melhor maneira possível. Não acredito que possa existir surpresa, mas sempre pode acontecer alguma variação tática. São times que se conhecem”, disse Diniz.

Fernando Diniz não acredita em surpresas para o jogo contra o Cruzeiro (Foto: Lucas Merçon /Fluminense FC)

Mano Menezes, treinador do Cruzeiro, entende que mais importante que o comportamento dos times é a sua Raposa retomar o bom momento de quando foi campeão mineiro invicto e se classificou com facilidade para as oitavas da Libertadores. O time vem de alguns tropeços recentes e está sendo cobrado.

“Tivemos bons momentos na temporada e agora estamos atravessando um momento que não é bom. Vamos precisar de tranquilidade para passarmos por esta fase. O pensamento é o de conseguir um bom resultado neste sábado”, disse Mano.

O treinador cruzeirense entende a necessidade de progressos.

“Vamos precisar melhorar em alguns aspectos contra o Fluminense, pois, do contrário, podemos ter problemas. No meio de semana tivemos dificuldades de segurar a bola, tivemos dificuldades de saída, tivemos dificuldades para aproveitar os espaços. Marcamos muito bem. Defendemos muito bem. Temos que manter o positivo e deixar de lado aquilo que não deu certo”, afirmou o treinador da Raposa.

Mano Menezes quer manter boa marcação e melhorar ofensivamente (Foto: Bruno Haddad/Cruzeiro)

No Fluminense, Diniz também quer corrigir os erros mais emergenciais, como a constante falta de pontaria.

“Está faltando colocarmos a bola para dentro do gol. Tenho certeza de que isso vai mudar. A maneira como a equipe está jogando, segundo aquilo que penso de futebol e da vida, estamos fazendo o melhor possível para ganhar os jogos. Os jogadores estão apostando no trabalho e vamos reagir”, disse Diniz.

Em termos de escalação, Diniz só vai divulgar o time minutos antes do confronto, mas deve manter a base do empate no meio de semana. Com dores no joelho direito, o artilheiro Pedro deve continuar de fora.

Para o jogo contra o Fluminense, o técnico Mano Menezes tem o desfalque de Edilson. O atleta foi expulso no duelo contra o Internacional e não entra em campo. Como aconteceu no duelo de quarta-feira, Orejuella foi à opção para a direita.

No meio campo, Thiago Neves segue afastado. O atleta foi diagnosticado com dengue e não viajou ao Rio de Janeiro. Este caso, porém, não é um grande problema para o treinador cruzeirense já que o camisa 10 perdeu prestigio de ser atleta indispensável.

Mano ainda tem dúvidas na lateral esquerda. Nos últimos tempos, o treinador passou a promover um revezamento na posição e desta vez, na teoria, seria a vez de Dodô. Egídio, no entanto, não deixou o ritmo cair no último jogo.

FICHA TÉCNICA
FLUMINENSE-RJ X CRUZEIRO-MG

Local: Maracanã, no Rio de Janeiro (RJ)
Data: 18 de maio de 2019 (Sábado)
Horário: 18h(de Brasília)
Árbitro: Flávio Rodrigues de Souza (SP)
Assistentes: Marcelo Carvalho Van Gasse (Fifa-SP) e Alex Ang Ribeiro (SP)

FLUMINENSE: Rodolfo, Gilberto, Matheus Ferraz, Nino e Caio Henrique; Allan, Daniel, Paulo Henrique Ganso e Leo Artur; Yony González e Luciano
Técnico: Fernando Diniz

CRUZEIRO: Fábio; Orejuela, Dedé, Léo e Dodô (Egídio); Henrique, Lucas Romero, Robinho e Rodriguinho; Pedro Rocha e Fred.

Técnico: Mano Menezes.

O post Fluminense e Cruzeiro se reencontram no Maracanã apareceu primeiro em Gazeta Esportiva.

Ler artigo completo
Fonte: Gazeta Esportiva