Coritiba e Operário fazem duelo paranaense na Série B

Nesta quinta-feira, em partida válida pela 31ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro, o Coritiba recebe o Operário, no Couto Pereira, às 21h30. No duelo entre paranaenses, o Coxa busca se aproximar dos primeiros colocados, enquanto o Fantasma ainda sonha com uma vaga no G4.

Coritiba busca maior tranquilidade na busca por uma vaga na Série A (Foto: Divulgação/Coritiba)

No momento, o Coritiba é o quarto colocado da competição, com 47 pontos somados. No entanto, a equipe tem um jogo a menos, contra o Cuiabá, que acontecerá na próxima terça-feira. O Coxa vive boa fase na Série B, com quatro jogos de invencibilidade.

Para a partida desta quinta-feira, Jorginho não terá nenhum desfalque por suspensão. Inclusive, o treinador contará com o retorno do lateral-direito Diogo Mateus, que não pode enfrentar o Vila Nova. A única dúvida em relação ao time titular gira em torno de Rafinha, que ainda está em fase final de recuperação de uma pancada no joelho e será reavaliado antes da bola rolar.

“Não podemos ter a ansiedade de um torcedor, como tem do lado de fora. Agora na reta final temos que controlar ansiedade, ela não pode nos atrapalhar nesse momento. É o que vai decidir. Tivemos uma conversa interna falando sobre segurar a ansiedade. Sabemos da oportunidade do acesso. Mas a gente vem controlando isso e trabalhando no dia a dia. Temos que controlar as emoções porque dentro de campo somos nós quem tomamos as decisões”, projetou Juan Alano.

Operário está a quatro pontos do G4 da Série B (Foto: José Tramontin/Operário)

Por outro lado, o Operário também vive boa fase e vem de uma sequência de duas vitórias e um empate. No momento, a equipe é a nona colocada da Série B, com 43 pontos conquistados. O Fantasma está a quatro pontos do primeiro time dentro do G4, justamente o Coritiba.

O técnico Gerson Gusmão tem dois prováveis desfalques para a partida desta quinta-feira. O volante Jardel está com um desconforto muscular e deve ser substituído por Revson. Além disso, Allan Vieira está sentindo dores na coxa esquerda e não deve ter condições de jogo. Dessa forma, Julinho deve ser titular na lateral-esquerda.

FICHA TÉCNICA
CORITIBA X OPERÁRIO

Local: Couto Pereira, em Curitiba (PR)
Data: 14 de outubro de 2019, quinta-feira
Horário: 21h30 (de Brasília)
Árbitro:  Leonardo Ferreira Lima (PR)
Assistentes: Jefferson Cleiton Piva da Silva e Joao Fabio Machado Brischiliari (ambos do PR)

CORITIBA: Alex Muralha; Diogo Mateus, Romércio, Sabino e William Matheus; Matheus Sales; Juan Alano e Thiago Lopes; Rafinha, Robson e Rodrigão.

Técnico: Jorginho

OPERÁRIO: Rodrigo Viana; Maílton, Edson Borges, Alisson e Julinho; Revson, Indio, Cleyton e Marcelo; Lucas Batatinha e Felipe Augusto.
Técnico: Gérson Gusmão

O post Coritiba e Operário fazem duelo paranaense na Série B apareceu primeiro em Gazeta Esportiva.

Ler artigo completo
Fonte: Gazeta Esportiva

Coritiba arranca empate do Vila Nova no fim e permanece no G4 da Série B

Em jogo com dois tempos distintos, Vila Nova e Coritiba ficaram no empate por 2 a 2, neste sábado, no Serra Dourada. Com o resultado, os goianos seguem na zona de rebaixamento, com 31 pontos. Já os paranaenses, com 47, permanecem no G-4 da Série B do Campeonato Brasileiro.

O Vila Nova abriu vantagem no primeiro tempo. No início, Gustavo Henrique marcou o primeiro para os goianos. Ainda na etapa inicial, Ramon aproveitou falha da zaga para ampliar no Serra Dourada. Só que no segundo tempo, o Coritiba arrancou o empate com gols de Sabino e Giovanni.

Na próxima rodada, o Vila Nova terá compromisso complicado, contra o líder Bragantino, em Bragança Paulista, na sexta-feira. No dia anterior, o Coritiba terá o confronto estadual contra o Operário, em Curitiba.

Coritiba saiu perdendo por 2 a 0 e buscou o empate no fim (Foto: Divulgação/Vila Nova)

O jogo – O Vila Nova começou melhor a partida e esboçou uma pressão sobre o Coritiba. Os donos da casa foram premiados pela postura na primeira oportunidade de gol, aos nove minutos. Após falta cobrada na área, Gustavo Henrique cabeceou para a rede.

Mesmo depois do revés, o Vila Nova permaneceu melhor na partida. No entanto, os goianos não conseguiam chegar com perigo. O Coritiba buscava o ataque, mas pecava nos passes no setor ofensivo. Os visitantes só criaram boa chance aos 31 minutos. Após cruzamento pela direita, Rodrigão cabeceou cruzado e obrigou Rafael Santos a fazer boa defesa.

A situação ficou pior para o Coritiba, aos 35 minutos, quando Vitor Carvalho falhou e deu a bola no pé de Ramon, que mandou para o gol, sem chance para Alex Muralha.

Com boa vantagem no placar, o Vila Nova recuou nos minutos finais e permitiu ao Coritiba chegar ao ataque com mais intensidade. No entanto, os paranaenses pouco produziram na frente e não houve mais mudança até o intervalo.

No segundo tempo, o Coritiba tentou pressionar em busca do gol, mas continuava tendo problema na criação de jogadas. Além disso, os paranaenses abusavam dos erros de passes e permitiam os contra-ataques do Vila Nova. Os goianos, mesmo tendo uma postura mais conservadora, seguiam melhores em campo, sem serem ameaçados.

O Vila Nova quase ampliou o marcador aos 23 minutos. Após cobrança de falta na área, Erick desviou e parou grande defesa de Alex Muralha. O lance assustou o Coritiba, que cresceu no confronto depois do lance.

De tanto insistir, o Coritiba chegou ao gol aos 35 minutos. Em cobrança de falta de Willian Matheus, Sabino subiu livre para cabecear para a rede.

O jogo ganhou em emoção nos minutos finais. O Coritiba se lançou ao ataque e foi premiado já nos acréscimos. Giovanni cobrou falta com força e mandou no ângulo para dar números finais no Serra Dourada.

FICHA TÉCNICA
VILA NOVA 2 X 2 CORITIBA

Local: Estádio Serra Dourada, em Goiânia (GO)
Data: 19 de outubro de 2019 (sexta-feira)
Horário: 16h30 (de Brasília)
Arbitragem: Roger Goulart (RS)
Auxiliares: Mateus Olivério Rocha (RS) e Gustavo Marin Schier (RS)
Cartões amarelos: Capixaba e Gastón (Vila Nova); Sabino, Kelvin e Matheus Sales (Coritiba)
GOLS
VILA NOVA: Gustavo Henrique, aos 9min do primeiro tempo; Ramon, aos 35min do primeiro tempo
CORITIBA: Sabino, aos 35min do segundo tempo; Giovanni, aos 47min do primeiro tempo

VILA NOVA: Rafael Santos; Jeferson, Patrick, Wesley Matos e Gastón; Magno (Elias), Tinga, Ramon e Alan Mineiro (Capixaba); Erick e Gustavo Henrique (Edinho)
Técnico: Itamar Schulle

CORITIBA: Alex Muralha; Felipe Mattioni, Romércio, Sabino e William Matheus; Vitor Carvalho (Nathan), Matheus Sales (Giovanni), Juan Alano, Thiago Lopes (Kelvin) e Robson; Rodrigão
Técnico: Jorginho

O post Coritiba arranca empate do Vila Nova no fim e permanece no G4 da Série B apareceu primeiro em Gazeta Esportiva.

Ler artigo completo
Fonte: Gazeta Esportiva

Coritiba visita o Vila Nova para se firmar no G4 da Série B

Embalado na Série B do Campeonato Brasileiro, o Coritiba visita o Vila Nova no Serra Dourada, às 16h30 deste sábado. A partida é válida pela 26ª rodada da competição, e o Coxa tenta mais uma vitória para não perder a vaga no G4.

Há três jogos sem perder, os comandados de Jorginho vão à Goiânia de olho em manter o bom retrospecto recente na competição. Para isso, o treinador terá o reforço do atacante Robson, que cumpriu suspensão na última rodada.

O jogador deverá começar entre os titulares, na vaga de Rafinha, que recebeu o terceiro cartão amarelo contra o Criciúma. Quem também está suspenso é o lateral-direito Diogo Matheus, que deixa a sua vaga em disputa entre Sávio e Felipe Mattioni.

No 1º turno, o Coxa venceu por 2 a 0 no Couto Pereira (Foto: Divulgação/CFC)

De técnico novo, o Vila Nova vai em busca da vitória para fugir da zona do rebaixamento. Apresentado na última quinta-feira, Itamar Schulle chegou já convocando a torcida para o duelo contra o Coxa.

“Em um jogo desse contra o Coritiba uma vitória pode nos tirar já de uma situação lá de trás, então é o momento de o torcedor vir, ajudar e continuar cobrando. Ele tem o direito de cobrar e nos faz bem. Mas espero que ele venha porque vai nos ajudar muito nesse momento”, declarou.

Com 30 pontos, o Vila é o 17º colocado, abrindo o Z4 da Série B. Já o Coritiba aparece em quarto lugar, com 46 pontos somados. Vale lembrar ainda que o Coxa tem um jogo a menos em relação aos seus adversários.

FICHA TÉCNICA
VILA NOVA X CORITIBA

Local: Estádio Serra Dourada, em Goiânia (GO)
Data: 19 de outubro de 2019 (sexta-feira)
Horário: 16h30 (de Brasília)
Arbitragem: Roger Goulart (RS)
Auxiliares: Mateus Olivério Rocha (RS) e Gustavo Marin Schier (RS)

CORITIBA: Alex Muralha; Sávio (Felipe Mattioni), Romércio, Sabino e William Matheus; Vitor Carvalho, Matheus Sales, Juan Alano, Thiago Lopes e Robson; Rodrigão
Técnico: Jorginho

VILA NOVA: Rafael Santos; Patrick, Diego Jussani e Wesley Matos; Jeferson, Edinho, Ramon, Alan Mineiro e Gastón; Bruno Mezenga e Gustavo Henrique
Técnico: Itamar Schulle

O post Coritiba visita o Vila Nova para se firmar no G4 da Série B apareceu primeiro em Gazeta Esportiva.

Ler artigo completo
Fonte: Gazeta Esportiva

Coritiba vence o São Bento fora de casa e se mantém no G4 da Série B

Nesta terça-feira, o Coritiba visitou o São Bento em Sorocaba e conseguiu uma boa vitória por 2 a 1. O Coxa contou com boa atuação coletiva na primeira etapa para construir o placar e somar mais três pontos importantes na Série B.

Com o resultado, o Coritiba se mantém na quarta colocação, agora com 46 pontos. Vale lembrar que a equipe tem um jogo a menos em relação aos seus adversários que brigam pelo acesso. Já o São Bento segue na lanterna da competição, com apenas 27 pontos somados.

Coritiba venceu o São Bento por 2 a 1 fora de casa (Foto: Reprodução)

Mesmo como visitante, o Coritiba começou mandando no jogo e abriu o placar logo no primeiro minuto. William Matheus apareceu bem no ataque para abrir o placar em Sorocaba.

Depois de pressão do time da casa, o Coritiba se recolocou no jogo até achar o segundo gol. Em contra-ataque mortal, Juan Alano recebeu bom lançamento de Rafinha, invadiu a área e mandou a bomba para ampliar a vantagem.

Na etapa final, a partida ficou mais travada e as duas equipes criaram poucas chances. Com dificuldade de chegar na área adversária, o São Bento apostou nos chutes de fora para diminuir o placar. Mansur arriscou, a bola desviou em Romércio e enganou Muralha.

Empolgado com o gol e precisando fugir da lanterna, o time sorocabano tentou imprimir forte pressão para ao menos empatar a partida. Os comandados de Milton Mendes até tiveram boas chances, mas os erros de finalização prejudicaram a equipe.

O Coxa volta a campo neste sábado, às 16h30, quando visita o Vila Nova no Serra Dourada. Já o São Bento tem duelo duro contra o Operário-PR, fora de casa, também no sábado, às 19h.

FICHA TÉCNICA
SÃO BENTO 1 X 2 CORITIBA

Local: Estádio Walter Ribeiro, em Sorocaba (SP)
Data: 15 de outubro de 2019, terça-feira
Horário: 21h30 (de Brasília)
Árbitro: Wanderson Alves de Sousa (MG)
Assistentes: Frederico Soares Vilarinho (MG) e Leonardo Henrique Pereira (MG)
Cartões amarelos: Fabio Bahia e Minho (São Bento); Alex Muralha, Vítor Carvalho, Thiago Lopes, Rafinha, Diogo Mateus e Rodrigão (Coritiba)
Gols: William Matheus, ao 1 mintuo do 1ºT e Juan Alano, ao 40 minutos do 1ºT (Coritiba)

SÃO BENTO: Renan Rocha; Marcos Martins, Gerson, Joílson e Mansur; Fábio Bahia, Doriva (Caio Rangel), Minho e Rodolfo; Paulinho Bóia (Fernandes) e Zé Roberto
Técnico: Milton Mendes

CORITIBA: Alex Muralha; Diogo Mateus, Romércio, Sabino e William Matheus; Matheus Sales, Vitor Carvalho, Juan Alano (Igor Jesus) e Thiago Lopes; Rafinha (Fabiano) e Rodrigão (Júlio Rusch)
Técnico: Jorginho

O post Coritiba vence o São Bento fora de casa e se mantém no G4 da Série B apareceu primeiro em Gazeta Esportiva.

Ler artigo completo
Fonte: Gazeta Esportiva

Com objetivos opostos, São Bento e Coritiba se enfrentam pela Série B

Nesta terça-feira (15), às 21h30 (de Brasília), São Bento e Coritiba se enfrentam no Estádio Walter Ribeiro, em Sorocaba (SP), pela 29ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro. Enquanto o Azulão Sorocabano ocupa a vice-lanterna com 27 pontos conquistados e luta contra o rebaixamento, o Coxa soma 43 pontos e está na quarta colocação, buscando o acesso à elite do futebol nacional.

São Bento ocupa a vice-lanterna e tenta sair da zona da degola (Foto: São Bento)

Vindo de derrota para o Sport fora de casa, o time paulista não poderá contar com os volantes Vinícius Kiss e Pablo, que levaram o terceiro cartão amarelo e terão que cumprir suspensão. Além deles, o também meio-campista Paulinho sofre com uma lesão muscular na coxa e ainda não teve o tempo de recuperação definido.

Desse modo, Juliano, Dudu Vieira, Doriva, Fernandes e Fábio Bahia são as opções de Milton Mendes para compor o setor contra os paranaenses. Os dois últimos foram titulares ao lado de Vinícius Kiss no jogo disputado na Ilha do Retiro.

Em entrevista coletiva, o treinador são-bentista falou sobre a importância do apoio dos torcedores na briga contra o rebaixamento. “Temos cinco jogos em casa e fora. Temos alguns confrontos diretos, temos muitas possibilidades se estivermos unidos como estamos. Precisamos do torcedor ao nosso lado”, declarou.

Coritiba busca vitória para se manter no G4 da Série B (Foto: Coritiba)

Já o Coritiba vem de duas vitórias consecutivas. Para o duelo diante dos sorocabanos, o técnico Jorginho terá o desfalque do atacante Robson, suspenso por acúmulo de cartões amarelos. Assim, Nathan e Kelvin são as opções mais prováveis para jogar pelo lado do setor ofensivo. Outra alternativa é a utilização de Giovanni como meia centralizado, deslocando Rafinha para a esquerda.

O treinador lamentou a ausência do camisa 30 durante a coletiva de imprensa. “Ele é fundamental nessa reta final. A gente precisa ter um equilíbrio emocional controlado. Infelizmente não vamos contar com ele, mas nada que fuja da normalidade do futebol”, disse o comandante.

Por outro lado, o volante Matheus Sales retorna à equipe do Coxa após cumprir suspensão na última rodada. O meio-campista deve retomar a vaga entre os onze inicias no lugar de Serginho, que foi seu substituto no confronto contra o Criciúma.

FICHA TÉCNICA
SÃO BENTO X CORITIBA 

Local: Estádio Walter Ribeiro, em Sorocaba (SP)
Data: 15 de outubro de 2019, terça-feira
Horário: 21h30 (de Brasília)
Árbitro: Wanderson Alves de Sousa (MG)
Assistentes: Frederico Soares Vilarinho (MG) e Leonardo Henrique Pereira (MG)

SÃO BENTO: Renan Rocha; Marcos Martins, Gerson, Joílson e Mansur; Fábio Bahia, Fernandes, Rodolfo e Dudu Vieira; Paulinho Bóia e Minho.
Técnico: Milton Mendes

CORITIBA: Alex Muralha; Diogo Mateus, Romércio, Sabino e Patrick Brey; Matheus Sales, Juan Alano, Rafinha, Thiago Lopes e Nathan (Giovanni ou Kelvin); Igor Jesus (Rodrigão).
Técnico: Jorginho

O post Com objetivos opostos, São Bento e Coritiba se enfrentam pela Série B apareceu primeiro em Gazeta Esportiva.

Ler artigo completo
Fonte: Gazeta Esportiva

Em jogo com briga na torcida, Paraná bate Coritiba na Vila Capanema

O Paraná conseguiu um resultado importantíssimo na tarde deste sábado, na Vila Capanema, pela 26ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro. No clássico contra o Coritiba, voltou a vencer após quatro partidas e aplicou um 2 a 0 ainda no primeiro tempo, em partida marcada por briga na torcida do Coxa.

Em clássico com paralisações por briga na torcida, Paraná volta a vencer na Série B (Foto: Reprodução/Twitter)

Os gols foram anotados aos dez e aos 12 minutos, por Jenison e Bruno Rodrigues, este de pênalti. Com o resultado, o Paraná subiu para a sétima posição, com 38 pontos, enquanto o Coritiba, que não contou com o goleiro Muralha, suspenso, caiu para oitavo, com 37.

Na próxima rodada, o tricolor enfrenta o Operário, já na terça-feira, no estádio Germano Krüger, em Ponta Grossa, às 19h15 (de Brasília). Buscando se recuperar, o Coritiba recebe o Guarani, nos mesmos dia e horário.

Briga na torcida

Durante o primeiro tempo, torcedores na área reservada ao Coritiba começaram uma discussão, que precisou sofrer intervenção da Polícia Militar presente no estádio, com bombas de efeito moral. Com a confusão e a presença de torcedoras passando mal, a arbitragem decidiu paralisar a partida aos 36 minutos e somente 13 minutos depois ela foi reiniciada.

Isso porque as duas ambulâncias presentes no local foram utilizadas para levar as torcedoras a hospitais e, conforme manda a regra, não pode haver jogo se não houver, no mínimo, uma ambulância disponível. Depois foram relatados outros casos de torcedores passando mal com o episódio. Depois, porém, a partida foi novamente interrompida por falta de médico socorrista, mas apenas por alguns minutos, já que os médicos dos clubes se colocaram à disposição de atendimento, no caso de alguma eventualidade, até o retorno das ambulâncias.

O jogo – O clima era de clássico desde o início, com muita disputa no meio de campo. Aos dez minutos, os donos da casa abriram o marcador com Jenison: após cruzamento de Vitinho, ele subiu mais alto que Sabino e acertou o canto de Rafael Martins, que nada pôde fazer.

Mal houve tempo para comemorar e, instantes depois, o Paraná sofreu pênalti no mesmo Jenison. Ele foi derrubado na área por Romércio e, na cobrança, Bruno Rodrigues converteu, em batida rasteira no lado contrário ao escolhido por Rafael Martins. Com a briga na torcida, o árbitro apitou o fim da primeira etapa aos 64 minutos.

Com algumas modificações, o Coxa voltou mais centrado no segundo tempo, trocando mais passes para tentar alguma infiltração. Apesar disso, porém, o jogo ficou sem grandes chances durante os 45 minutos finais, somente no finzinho, com Robson, mas o placar não foi modificado.

FICHA TÉCNICA
PARANÁ 2 X 0 CORITIBA

Local: Estádio Durival de Britto, em Curitiba (PR)
Data: 
3 de outubro de 2019, sábado
Horário: 
16h30 (de Brasília)
Árbitro: 
Lucas Paulo Torezin (PR)
Assistentes: 
Luciano Roggenbaum e Luiz H Souza Santos Renesto (ambos do RJ)
Público: 11.630 torcedores
CARTÕES AMARELOS: Igor Jesus e Rodrigão (Coritiba); Judivan (Paraná).
GOLS: PARANÁ: Jenison, aos 10 minutos, e Bruno Rodrigues, aos 12 minutos do primeiro tempo.

PARANÁ: Thiago Rodrigues; Éder Sciola, Rodolfo, Leandro Almeida e Guilherme Santos; Luiz Otávio, Fernando Neto e Vitinho (Itaqui); Judivan (Raphael Alemão), Jenison e Bruno Rodrigues (João Pedro).
Técnico: Matheus Costa

CORITIBA: Rafael Martins; Diogo Mateus, Romércio, Sabino e Patrick Brey; Matheus Salles e Alano; Giovanni (Igor Jesus), Kelvin (Thiago Lopes), Robson e Rodrigão (Rafinha).
Técnico: Jorginho

O post Em jogo com briga na torcida, Paraná bate Coritiba na Vila Capanema apareceu primeiro em Gazeta Esportiva.

Ler artigo completo
Fonte: Gazeta Esportiva

Paraná e Coritiba fazem o clássico da rodada da Série B

Neste sábado, em partida válida pela 26ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro, o Paraná recebe o Coritiba, na Vila Capanema, a partir das 16h30. O clássico estadual reúne duas equipes que buscam terminar a competição no G4 e chegar à primeira divisão.

No momento, o Paraná é o 11º colocado, com 35 pontos, porém está a apenas três do CRB, primeiro clube da zona de classificação para a Série A. O time não vence há quatro partidas e busca se recuperar contra o rival. Além de não jogadores suspensos para o jogo deste sábado, o técnico Matheus Costa poderá contar com o retorno do meia João Pedro, recuperado de uma virose.

Paraná busca voltar a vencer para continuar sonhando com a Série A (Foto: Divulgação/Paraná)

“Eu não vejo vantagem e desvantagem para ninguém. É um jogo extremamente difícil, decidido em detalhes. Sabemos da necessidade dos dois em buscar a vitória. Não vejo favorito, mas tenho certeza do grande jogo que vai ser”, afirmou o treinador.

Do outro lado, o Coritiba tem uma partida a menos e está na sexta posição, com 37 pontos. Depois de seis jogos seguidos sem vitória, o clube derrotou o América-MG na última rodada e chega motivado para enfrentar o Paraná. Jorginho, que fez sua estreia no comando técnico no jogo contra o Coelho, ainda não sabe se contará com Rafinha, que sente dores no joelho.

Coritiba vem de vitória contra o América-MG (Foto: Divulgação/Coritiba)

“Clássico é sempre importante, é um campeonato à parte, um jogo que mexe com a cidade, mas a gente sabe o nosso caminho. Uma derrota não vai trazer uma terra arrasada. Mas a gente vai trabalhar para vencer. Perdemos no primeiro turno em casa e fica aquele gosto de revanche, mas com pés no chão, sabedoria e inteligência”, projetou Alano.

FICHA TÉCNICA
PARANÁ X CORITIBA
Local: 
Estádio Durival de Britto, em Curitiba (PR)
Data: 
3 de outubro de 2019, sábado
Horário: 
16h30 (de Brasília)
Árbitro:
Lucas Paulo Torezin (PR)
Assistentes: 
Luciano Roggenbaum e Luiz H Souza Santos Renesto (ambos do RJ)

PARANÁ: Thiago Rodrigues; Éder Sciola, Rodolfo, Leandro Almeida e Guilherme Santos; Luiz Otávio, Fernando Neto e Vitinho; Judivan, Jenison e Bruno Rodrigues.

Técnico: Matheus Costa

CORITIBA: Rafael Martins; Diogo Mateus, Romércio, Sabino e William Matheus; Matheus Salles, Alano (Serginho) e Giovanni; Rafinha (Kelvin), Robson e Rodrigão.
Técnico: Jorginho

O post Paraná e Coritiba fazem o clássico da rodada da Série B apareceu primeiro em Gazeta Esportiva.

Ler artigo completo
Fonte: Gazeta Esportiva

Na estreia de Jorginho, Coritiba vence e encerra sequência do América-MG

Para aumentar a sequência invicta de 12 jogos na Série B, o América-MG visitou o Coritiba neste sábado, mas acabou derrotado. Apesar de viver uma má fase na competição, os anfitriões mostraram sua força no Couto Pereira e venceram por 2 a 1 na estreia de Jorginho, novo treinador do Coxa. Depois que Robson e Sabino foram às redes, Ricardo Silva diminuiu para os visitantes.

Com o resultado, os donos da casa voltaram a conquistar três pontos depois de quatro rodadas e subiram para a quinta colocação da tabela, com 37 pontos somados. O Coelho, por sua vez, conheceu sua primeira derrota no returno da competição e caiu duas posições. Agora, o time comandado por Felipe Conceição está em 10º, com 35 pontos.

Para entrar na zona de classificação para a elite do futebol brasileiro, o Coxa precisa vencer o Paraná. O confronto da 26ª rodada está marcado para o próximo sábado, às 16h30 (de Brasília), no Durival Britto. Do outro lado, os mineiros voltam a campo contra o CRB, nesta quinta-feira, às 19h15 (de Brasília), no Independência.

Sabino foi o autor do segundo gol do Coritiba (Foto: Reprodução/Twitter)

Empurrado pela sua torcida, o Coritiba começou dominando as ações do jogo. Com pouco mais de um terço jogado, Sabino explorou o escanteio cobrado por Juan Alano, mas a bola subiu demais e não exigiu defesa de Airton. No lance seguinte, Kelvin lançou Robson em profundidade e o meia desperdiçou a chance de inaugurar o marcador. Aos 28 minutos, o camisa 30 recebeu nova oportunidade e não desperdiçou. Depois de um domínio de canela, o goleiro ficou no chão para o delírio do torcedor.

Na volta do vestiário, o Coxa manteve a pressão e a recompensa veio com dois no relógio. Robson invadiu a grande área e foi derrubado pelo defensor do América. Imediatamente, Marcelo de Lima Henrique apontou para a marca penal e Sabino se encarregou da cobrança. Com muita tranquilidade, o zagueiro deslocou Airton e ampliou o placar.

O Coritiba se fechou no campo de defesa, e o América descontou aos 18 minutos. Ricardo Silva aproveitou o cruzamento na medida de João Paulo para vencer Alex Muralha e diminuir. A partir de então, o Coelho tentava chegar ao gol de empate, mas sem sucesso. Faltando dois para o apito final, Felipe Azevedo aproveitou a falha dos zagueiros para emendar um lindo chute, que acertou o travessão.

FICHA TÉCNICA
CORITIBA 2 X 0 AMÉRICA-MG

Local: Estádio Couto Pereira, em Curitiba (PR)
Data: 28 de setembro de 2019, sábado
Horário: 16h30 (de Brasília)
Árbitro: Marcelo de Lima Henrique (RJ)
Assistentes: Michael Correia (RJ) e Andrea Izaura Maffra Marcelino de Sá (RJ)
Cartões Amarelos: Ricardo Silva (América-MG); Robson (Coritiba); Romérico (Coritiba); Alex Muralha (Coritiba)
Gols:
Coritiba: Robson (aos 28 minutos do 1º tempo); Sabino (aos 2 minutos do 2º tempo)
América-MG: Ricardo Silva (aos 18 minutos do 2º tempo)

CORITIBA: Alex Muralha; Diogo Mateus, Romércio, Sabino e Patrick; Matheus Sales, Giovanni (Wellissol), Juan Alano e Robson; Rodrigão (Igor Jesus) e Kelvin (Serginho)
Técnico: Jorginho

AMÉRICA-MG: Airton; Leandro Silva, Pedrão (Lucas Kal), Ricardo Silva e João Paulo; Flávio, Juninho, Willian Maranhão (Geovanne), Diego Ferreira (Felipe Azevedo); Matheusinho e Júnior Viçosa
Técnico: Felipe Conceição

O post Na estreia de Jorginho, Coritiba vence e encerra sequência do América-MG apareceu primeiro em Gazeta Esportiva.

Ler artigo completo
Fonte: Gazeta Esportiva

Na estreia de Jorginho, Coritiba encara o embalado América-MG

Jorginho estreia pelo Coritiba (Foto: Divulgação/Coritiba)

Sem vencer há sete jogos no Campeonato Brasileiro da Série B, o Coritiba quer reencontrar o caminho das vitórias neste sábado, quando recebe o América-MG, no Couto Pereira, às 16h30 (de Brasília), pela 25ª rodada. E para isso contará com uma mudança de ânimos: a chegada de Jorginho.

Umberto Louzer não resistiu à sequência negativa e acabou demitido após a derrota para o CRB, no final de semana. Com o adiamento da partida com o Cuiabá, o técnico Jorginho teve quatro dias para conhecer a equipe, fechou os treinamentos desde então e a escalação é um mistério. Mesmo assim, o técnico já deu indícios do que esquema que pretende adotar.

“Todo time precisa ter algumas variações táticas ou de sistema. Sei que aqui eles estavam jogando no 4-3-3. Temos uma grande possibilidade de jogar no 4-2-3-1. Venho jogando, nos últimos anos, quase no 4-4-2, com um losango. Existe essa possibilidade aqui também, mas acho que o 4-2-3-1 cairia melhor, mas depende muito da qualidade dos jogadores”, analisou.

De qualquer modo, o Coritiba não contará com o meia Thiago Lopes e atacante Rafinha, expulsos na derrota para o CRB. Por outro lado, o volante Serginho e o ponta Kelvin estão regularizados e aptos para estrear pelo time que ocupa a parte intermediária da tabela, a um ponto do Coelho.

Felipe Conceição treina o América-MG (Foto: Estevão Germano / América)

Após ser lanterna nas primeiras rodadas da Série B, o América-MG vem em franca ascensão, já soma doze partidas sem derrotas, com oito vitórias e quatro empates, e figura na parte de cima da classificação. Desse modo, o técnico Felipe Conceição não deve promover maiores alterações no time.

“Hoje é realidade o G4, não vou mentir, porque a dois pontos da zona de acesso você pode falar que está brigando por ela. Mas o caminho é jogo a jogo, sem contas, sem pensar lá na frente. É pensar no Coritiba, fazer outro bom jogo”, analisou Conceição.

A única ausência fica por conta de Neto Berola. O atacante, que não vinha sendo titular, rompeu o ligamento cruzado anterior do joelho direito e só volta a atuar na próxima temporada.

FICHA TÉCNICA
CORITIBA X AMÉRICA-MG

Local: Estádio Couto Pereira, em Curitiba (PR)
Data: 28 de setembro de 2019, sábado
Horário: 16h30 (de Brasília)
Árbitro: Marcelo de Lima Henrique (RJ)
Assistentes: Michael Correia (RJ) e Andrea Izaura Maffra Marcelino de Sá (RJ)

CORITIBA: Alex Muralha; Diogo Mateus, Walisson Maia (Sabino), Rafael Lima e William Matheus; Matheus Sales, Vitor Carvalho (Serginho) e Giovanni; Igor Jesus, Rodrigão e Kelvin
Técnico: Jorginho

AMÉRICA-MG: Airton; Leandro Silva, Lucas Kal, Pedrão e João Paulo; Flávio, Juninho, Willian Maranhão, Diego Ferreira; Matheusinho e Júnior Viçosa
Técnico: Felipe Conceição

O post Na estreia de Jorginho, Coritiba encara o embalado América-MG apareceu primeiro em Gazeta Esportiva.

Ler artigo completo
Fonte: Gazeta Esportiva