Corinthians inscreve Gil e Janderson para as oitavas de final da Sul-Americana

O Corinthians vai inscrever o zagueiro Gil e o atacante Janderson para as oitavas de final da Copa Sul-Americana, usando as duas substituições permitidas pelo regulamento da Conmebol. As modificações foram enviadas para a entidade há duas semanas, mas só serão homologadas no site oficial nesta semana, quando começa a disputa do único mata-mata do Alvinegro neste segundo semestre.

Não faltaram opções para a entrada dos atletas. Saíram da última lista os zagueiros Marllon, Pedro Henrique e Léo Santos, o volante Richard e o atacante Sérgio Diaz, todos negociados durante a parada para a Copa América. Já haviam deixado a lista inicial o volante Thiaguinho e os atacantes Romero e Gustavo Mosquito.

Fora da lista também está o uruguaio Bruno Méndez, que disputa o Pan-Americano com o Uruguai nas próximas semanas. Ainda que esteja à disposição do treinador para jogar qualquer outro torneio assim que acabar o Sul-Americano sub-20, Méndez já foi inscrito pelo Montevideo Wanderers no torneio.

Ainda não há confirmação dos números que Gil e Janderson vão herdar. O zagueiro usa a 26 no Brasileiro, que ficará disponível com a saída de Richard, mas pode escolher os números de Marllon (13), Léo Santos (14) e Pedro Henrique (30). O atacante usa a 31 nas outras competições e terá que escolher entre os números dos defensores e a 21 de Sergio Díaz.

Confira a lista corintiana com a numeração oficial disponível:

1 – Caique
2 – Michel
3 – Henrique
4 – Manoel
5 – Gabriel
6 – Carlos Augusto
7 – Sornoza
9 – Vagner Love
10 – Jadson
11 – Júnior Urso
12 – Cássio
15 – Ralf
16 – Araos
17 – Boselli
18 – Pedrinho
19 – Gustavo
20 – Régis
22 – Mateus Vital
23 – Fagner
24 – Matheus Jesus
25 – Clayson
26 – Gil
27 – Walter
28 – Ramiro
29 – Danilo Avelar
S/N – Janderson

O post Corinthians inscreve Gil e Janderson para as oitavas de final da Sul-Americana apareceu primeiro em Gazeta Esportiva.

Ler artigo completo
Fonte: Gazeta Esportiva

Clayson revela papo com Diego Alves e exalta goleiros do Corinthians: “Os melhores”

O atacante Clayson foi o autor do único gol do Corinthians na tarde deste domingo, contra o Flamengo, na Arena, e comentou os momentos que antecederam a batida de pênalti. Diante de Diego Alves, goleiro que tem fama de bom pegador de penalidades máximas, o corintiano conseguiu deslocar o adversário para abrir o placar. Não sem antes ouvir algumas provocações do adversário.

“Ele veio me falar que ia esperar, ia ficar parado, que eu ia ter que escolher. Mas uma conversa tranquila, numa boa. Falei para ele que podia esperar o quanto fosse”, disse o atacante, em tom bem-humorado. Para ele, o dia a dia com Cássio, Walter e Caíque França o deixa preparado para essas situações.

“Sim, ele é um grande goleiro, mas eu treino com os melhores goleiros no dia a dia, Cássio, Walter e Caíque. Os melhores do Brasil”, continuou o atacante, que não bateu cruzado, no canto esquerdo, sua escolha mais comum. Ele admitiu ter mudado justamente pelas análises de desempenho.

“Na verdade, todo mundo sabe, a gente tem o Cifut aqui, eles têm os analistas deles lá. Então é muita informação, eu fui para a batida já sabendo que eu tinha que mudar. Mas o importante é que eu mantive a calma e consegui fazer o gol”, concluiu o corintiano, que fez seu segundo tento na competição.

Na próxima rodada, os comandados de Fábio Carille terão pela frente o Fortaleza, no domingo, dia 28, às 19h (de Brasília), no Castelão. Antes, porém, fazem o primeiro jogo das oitavas de final da Copa Sul-Americana, contra o Montevideo Wanderers, quinta-feira, na Arena.

O post Clayson revela papo com Diego Alves e exalta goleiros do Corinthians: “Os melhores” apareceu primeiro em Gazeta Esportiva.

Ler artigo completo
Fonte: Gazeta Esportiva

Jovem que causou comoção no Corinthians dá passo importante para volta

O meia Fessin, de 20 anos, está perto de retornar aos gramados. Se não imediata, a volta ao menos ficou mais próxima com os primeiros trabalhos dele com bola no campo do CT Joaquim Grava, um passo gigante para o atleta que causou comoção na torcida após sofrer grave lesão durante a disputa da Copa São Paulo de Futebol Júnior, em janeiro deste ano.

O lance ocorreu aos 43 minutos do primeiro tempo de uma partida contra o Ituano, pela fase de grupos do torneio. Em velocidade na tentativa de alcançar a bola antes do goleiro, Fessin acabou se chocando com o adversário, que não teve a intenção de machucá-lo. Ainda assim, a perna do meia-atacante ficou presa entre as pernas de João Victor, o que causou a fratura.

Fessin trabalhou com bola na manhã de sexta-feira, no CT Joaquim Grava (Foto: Daniel Augusto Jr. / Ag. Corinthians)

A chocante imagem da perna se dobrando para trás com o impacto foi compartilhada com tristeza pela torcida nas redes sociais. Incontáveis contas no Twitter adicionam o nome Fessin aos seus próprios apelidos na rede social e mantiveram as alcunhas dessa forma até a certeza de que o atleta estava melhorando.

Os médicos do Corinthians rapidamente entraram em campo e socorreram o jogador. Pouco depois, ele foi levado de maca à ambulância, que o levou até o hospital próximo para tratar a fratura. Poucos dias depois ele passou por uma cirurgia e iniciou o processo de reabilitação. Em maio, ele passou a correr no gramado do CT Joaquim Grava, evoluindo até retomar o contato com a bola.

Fessin, presença frequente nos treinos do profissional em 2018, foi comprado do ABC-RN (Foto: Eduardo Carmim / Photo Premium/Gazeta Press)

Fessin vai precisar de um trabalho de recondicionamento físico para voltar a ser aproveitado em alto nível, o que normalmente leva entre um mês e 45 dias. Além disso, é necessária a retomada da confiança para divididas com adversário.

Ainda com idade para disputar campeonatos sub-20, Fessin pode ser incorporado na categoria para a disputa do Brasileiro sob o comando de Dyego Coelho. Há também o recém-criado sub-23 para abrigá-lo na transição do retorno aos gramados. O atleta tem contrato com o Alvinegro até o final de 2021.

O post Jovem que causou comoção no Corinthians dá passo importante para volta apareceu primeiro em Gazeta Esportiva.

Ler artigo completo
Fonte: Gazeta Esportiva

Ralf jogou 29 partidas seguidas antes de lesão na coxa direita

O volante Ralf teve diagnosticada na última sexta-feira uma lesão no músculo posterior da coxa direita e vai desfalcar o Corinthians por até um mês. O jogador, um dos mais experientes do grupo, fica fora em um período importante da temporada após somar 29 jogos seguidos pelo clube e acumular o maior número de partidas da temporada ao lado do goleiro Cássio.

Aos 35 anos, o meio-campista iniciou a série recente no longínquo dia 10 de março, clássico contra o Santos, pelo Campeonato Paulista. Dali em diante, foi titular em 24 das 25 partidas oficiais disputadas até a parada para a Copa América.

Ralf poderia ter descansado no 11º embate da série, contra a Chapecoense, pela Copa do Brasil, no dia 17 de abril, entre as duas finais do Campeonato Paulista. Depois de começar como reserva, porém, foi acionado no intervalo para corrigir um problema na marcação da entrada da área, deixada a cargo de Richard. Sem Gabriel, que passou três meses machucado após passar por uma cirurgia na coxa direita, Carille não mostrou confiança em outro marcador.

Vale lembrar que houve ainda um período de dez dias de férias e uma semana de treino após o duelo contra o Santos, com a finalidade de recuperar os atletas fisicamente. Nos amistosos na parada para a Copa América, Ralf jogou um tempo contra Botafogo-SP, Vila Nova e Londrina, começando os dois primeiros e entrando no intervalo no último. Fechou a série contra o CSA, no domingo, na Arena.

Sem poder contar com o camisa 15, Carille escalou a equipe titular no treinamento da sexta com: Cássio; Fagner, Manuel, Gil e Danilo Avelar; Gabriel e Júnior Urso; Pedrinho, Sornoza e Clayson; Vagner Love. Será apenas a segunda vez de Gabriel como titular na temporada.

O jogador, que sofreu curiosamente uma lesão grave também na coxa direita, demorou a ficar à disposição no começo do ano e só encarou o Novorizontino, pelo Campeonato Paulista. Ele entrou na parte final do embate frente ao CSA para assegurar a vitória por 1 a 0.

Veja a sequência de jogos de Ralf:

1 – 10/3 – Corinthians 0 x 0 Santos
2 – 13/3 – Ceará 1 x 3 Corinthians
3 – 17/3 – Corinthians 1 x 0 Oeste
4 – 20/3 – Ituano 0 x 1 Corinthians
5 – 24/3 – Ferroviária 1 x 1 Corinthians
6 – 27/3 – Corinthians (4) 1 x 1 (3) Ferroviária
7 – 31/3 – Corinthians 2 x 1 Santos
8 – 3/4 – Corinthians 0 x 1 Ceará
9 – 8/4 – Santos (6) 1 x 0 (7) Corinthians
10 – 14/4 – São Paulo 0 x 0 Corinthians
11 – 17/4 – Chapecoense 1 x 0 Corinthians
12 – 21/4 – Corinthians 2 x 1 São Paulo
13 – 24/4 – Corinthians 2 x 0 Chapecoense
14 – 28/4 – Bahia 3 x 2 Corinthians
15 – 1°/5 – Corinthians 1 x 0 Chapecoense
16 – 4/5 – Vasco da Gama 1 x 1 Corinthians
17 – 11/5 – Corinthians 0 x 0 Grêmio
18 – 15/5 – Corinthians 0 x 1 Flamengo
19 – 19/5 – Athletico-PR 0 x 2 Corinthians
20 – 23/5 – Corinthians 2 x 0 Deportivo Lara
21 – 26/5 – Corinthians 1 x 0 São Paulo
22 – 30/5 – Deportivo Lara 0 x 2 Corinthians
23 – 4/6 – Flamengo 1 x 0 Corinthians
24 – 8/6 – Cruzeiro 0 x 0 Corinthians
25 – 12/6 – Santos 1 x 0 Corinthians
26 – 29/6 – Botafogo-SP 2 x 1 Corinthians
27 – 4/7 – Vila Nova 2 x 1 Corinthians
28 – 7/7 – Londrina 2 x 1 Corinthians
29 – 14/7 – Corinthians 1 x 0 CSA

O post Ralf jogou 29 partidas seguidas antes de lesão na coxa direita apareceu primeiro em Gazeta Esportiva.

Ler artigo completo
Fonte: Gazeta Esportiva

Agradecimento e promessa de Carille: Méndez comenta início no Corinthians

O zagueiro Bruno Méndez atuou cinco vezes pelo Corinthians desde a sua chegada, em fevereiro, mas só deve conseguir espaço na sua posição de origem quando voltar dos Jogos Pan-Americanos de Lima. Com embarque marcado para domingo rumo ao Uruguai antes de ir ao Peru, o defensor atendeu a Gazeta Esportiva nesta sexta-feira e disse ter ouvido do técnico Fábio Carille a promessa para o segundo semestre.

“Agora o Fábio me falou que vou passar a jogar como zagueiro”, revelou o atleta de 19 anos, lateral direito em duas partidas do Campeonato Brasileiro, diante de Cruzeiro e Santos, antes da Copa América, e nos amistosos frente a Botafogo-SP, Vila Nova e Londrina, durante a parada para a disputa do torneio continental.

De acordo com Méndez, além da experiência diferente, os embates renderam agradecimentos do treinador. “Agora, quando voltaram Fagner e Michel, ele (Fábio Carille) me chamou, me agradeceu por ter dado ‘uma mão’ para ele, por ter ajudado. E me disse: “Te contratamos para você ser zagueiro”. Então vou jogar ali”, continuou o uruguaio.

“Foi uma linda experiência. Não esperava, estava na reserva. Por má sorte o Michel machucou, tive que entrar de lateral, que não é minha posição principal. Mas o técnico já havia conversado comigo se eu poderia ajudar na lateral. Não tenho problemas de fazê-lo, mas sei que não é minha posição”, assegurou.

Dono de fala segura apesar da pouca idade, Méndez aceitou que a entrevista fosse realizada com perguntas em português, compreendidas com bastante atenção pelo jogador, e respondidas em espanhol. A comunicação, segundo ele, tem sido fácil no Timão.

“Por sorte, também me ajudaram muito os companheiros. Para mim é muito importante, sentir-se tranquilo no campo. Todos me ajudaram, se não falando, conversando, fazendo coberturas, orientando no campo”, avaliou o capitão da seleção sub-20 do Uruguai

Agora primeira opção pelo lado direito da zaga, Méndez ainda reconheceu que a ascensão foi mais rápida do que imaginava. Ele chegou ao Parque São Jorge como sexta possibilidade do setor, atrás de Henrique, Manoel, Marllon, Pedro Henrique e Léo Santos.

“Não (esperava). Claro que você sempre vai treinar todo o dia para chegar ao seu nível mais alto, corresponder o que o técnico e a torcida pedem. Não esperava, às vezes o jogador quer jogar já, imediatamente, só que também tem que esperar em outras vezes”, concluiu.

 

O post Agradecimento e promessa de Carille: Méndez comenta início no Corinthians apareceu primeiro em Gazeta Esportiva.

Ler artigo completo
Fonte: Gazeta Esportiva